quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Confusão

  “Cada qual considera claras as idéias que estão no mesmo grau de confusão que as suas.”
[Proust]

  Em uma palestra espirita ouvi algo que me pareceu bizarro, me esforcei para não rir, gargalhar mesmo.
  O palestrante disse que o aborto não deveria ser praticado, pois o espirito do feto passaria a obsidiar a mulher que lhe tirou a oportunidade de uma nova reencarnação… 😄

 Tudo bem o cara ser contra o aborto, mas a argumentação é hilária. ​​ Fiquei imaginando aquele “fétinho” perseguindo a mulher e azarando sua vida, como aquele boneco assassino Chuck.

  Um colega com quem depois comentei o assunto me disse [com toda etiqueta] que eu era um ignorante.

  “O feto pode ser um espirito adulto mais velho que você.”

 Eu ri na cara dele:
 Velho pode até ser, mas "adulto" duvido muito. 😄

Meditem comigo:

  Eu William vou reencarnar, está tudo preparado pelos "Espíritos Superiores", mas a mulher que seria minha futura mãe não me quer e corta meu barato, o que seria melhor eu fazer?

1 – Ficar “infantilmente” atormentando a mulher.

2 – Esperar “de forma civilizada” por outra mulher boa e carinhosa que estivesse ansiosa por minha chegada, ansiosa por ser mãe.

  Para Kardecistas toda esta CONFUSÃO é bem clara, ele me mandam estudar mais a Doutrina Espirita.

 Já estudei, mas é tudo tão confuso…maldito Proust, a culpa é dele… a confusão em minha mente não é suficiente para entender a confusão da doutrina espírita.

  Você mulher que entende claramente o espiritismo fica esperta, dorme de olhos bem abertos e feche as pernas, se fizer aborto a vingança será “marligrina”...





anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário