sábado, 2 de fevereiro de 2013

Um Sonho de Verão

   “Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito.”
 [William Shakespeare]




  Por vezes sei que é inevitável, mas deveríamos evitar tomar decisões muito rapidamente.
  Os sentimentos são processados mais rápidos que a razão.
  Se não damos um tempo acabamos decidindo baseados apenas nas emoções.
  Diante de uma ocorrência que precise de uma escolha/decisão da sua parte, respire fundo, conte até dez e se pergunte:​​

  O que é melhor para mim?

  Como minha decisão afetará as pessoas a minha volta?

  A noite quando deito em minha cama fico satisfeito quando percebo que tive um dia “racional”, vivi emoções, mas nenhuma delas comprometeu meu bom senso.

  Se chorei ou se sorri o importante é que .... eficientes decisões racionalmente foram tomadas.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Já percebeu que quando estamos em nossa casa, próximo do horário de dormir tudo o que aconteceu de manhã parece ter sido um sonho?

  Sabemos que o tempo “demorou” para passar no trabalho, mas já não sabemos precisar quanto. 
  Lembramos da hora do almoço, mas já fica difícil lembrar exatamente o que comemos ou quem encontramos no elevador.

  É incrível como o que foi tão real rapidamente se transforma em um sonho, algo nublado em nossa mente.

  Por vezes lembramos mais do que nos emocionou, não lembramos o que pensamos.
  Sujeitos a condicionamentos pensamos pouco então não há muito o que lembrar.
  Com a emoção é diferente, uma grosseria ou percepção de injustiça nos provoca raiva.
  Encontrar alguém querido ou ouvir uma boa notícia nos alegra.
  Algo que não saiu bem como deveria sair nos irrita ou entristece.
  O fim do nosso turno de trabalho nos anima...

  Quando a realidade do dia a dia está me sufocando e percebo que estou sendo tomado pelo sentimento, pelo instinto, respiro fundo, começo a pensar e “lembro do futuro”, dez horas, dez e meia da noite, quando tudo voltará a ser sonho … nesse momento quero lembrar que tomei as decisões corretas, racionais.

  A noite eu lembro muito do que pensei e como agi porque me habituei a pensar bastante.
  No próximo dia quero pensar melhor e agir melhor.

  Temos que cuidar bem de cada dia porque a vida é feita de dias.
 
  Quando passamos a viver mais racionalmente o viver por “instinto/sentimento” nos parece algo tão “infantil/selvagem”.

  O agir sem pensar passa a ser uma roupa inapropriada.
  É como estar no calor do Verão e usar roupas de inverno ou vice versa.

  Se as decisões são apropriadas os dias ficam satisfatórios a vida fica satisfatória.


  Quando estamos em nossa casa, próximo do horário de dormir tudo o que aconteceu de manhã parece ter sido um sonho.

  Acho que no momento de nossa morte pensaremos:

  Tudo não passou de um sonho?

  Espero que sua vida seja um sonho bom ou pelo menos satisfatório...

“Se a morte faz parte da vida
 E se vale a pena viver
 Então morrer vale a pena”






anterior                       <>                                próximo