sábado, 30 de março de 2013

Desconexão da Realidade

  As pessoas se “embriagam” com seus cultos religiosos, recitações de mantras, fofocas, consumismo, times de futebol, ideologias…
  
  Assisti uma reportagem sobre os efeitos do álcool.
  Em um trecho mostrou 3 amigos, um moço e duas moças, indo para a balada e depois voltando.
  Foram colocados no banco traseiro de um carro e filmados tipo "BBB". 
  O objetivo era mostrar a mudança de comportamento.
  Na ida o papo foi descontraído, mas coerente, na volta só abobrinha 😆

  Confesso que muito dos últimos textos foram inspirados naqueles jovens, eles estavam tão alegres, rindo de qualquer coisa, de certo estavam “desconectados” de uma realidade.

  Inspirado neles, na minha ida ao mercado comprei uma garrafa de cachaça.
  Com muito sacrifício, aos poucos, consegui consumir 1/4 da garrafa.
  Definitivamente o álcool não é para mim.
  Alem de não ocorrer nenhuma desconexão é como se estivesse envenenando meu corpo.
  Em pouco tempo até o cheiro se tornou abominável.

  Mais uma vez esbarramos nas diferentes medidas, na nossa desigualdade "genética ou espiritual" (como preferir).
  O que é maravilhoso para uns é detestável para outros. 
  Sou uma pessoa disciplinada, se suportasse o álcool saberia o momento certo de parar, mas porque o álcool é insuportável para mim?
  O minimo gosto de álcool em qualquer bebida ou doce já me desagrada o paladar.
  Falar com alguém embriagado é muito desagradável.

  Porque a experiencia de consumir pinga, vinho ou Whisky?

  Não conseguir desconexão é uma maldição.

  Na maior do tempo me passa despercebido, como um cego que se acostuma com a ausência de luz.
  Porem, quando vejo pessoas tão desconectados e alegres percebo o peso da minha natureza.

  Como posso teorizar que a alegria delas é falsa, o que é alegria verdadeira!?

  Apenas observo que naquele “momento” estão felizes.
  Há varias maneira de se desconectar da realidade.

  As pessoas se “embriagam” com seus cultos religiosos, recitações de mantras, fofocas, consumismo, times de futebol, ideologias…

  Já vivenciei todas essas coisas, só não consigo que elas me levem a uma desconexão da realidade, da lógica.
  Só consigo algum alivio quando durmo, se sofresse de insônia acho que seria meu fim, seria tragado pela loucura.

  Tenha muito cuidado para não ser destruído pelo alcoolismo (e outras desconexões) se conheça, saiba a hora de parar. (Não ficar fanático)

  Se a bebida tem em você esse efeito agradável da alegria ... não consigo ser muito contra esse prazer.

    Acho que nem Jesus era, transformou a água em vinho, na minha interpretação apócrifa penso que até ele sugeriu que para suportar a realidade por vezes nada melhor que um porre… 😄

  É, eu  não fui "abençoado" com essa possibilidade então dorme William, dorme …zzzz 😴zzz


 
  Beber só aos fins de semana também traz riscos à saúde; saiba mais...







.