quarta-feira, 3 de abril de 2013

Sobre o Mal

     “Homens maus fazem o que os bons só fantasiam.”
[Gavin Ewart]

  Hoje em dia a liberalidade é tanta que lemos nas redes sociais ou ouvimos em uma fila qualquer  coisas que nem o padre ouvia no confessionário.

  


  Não sei se as pessoas estão tão absortas em suas conversas que nem percebem quem esta do lado ou que por quem esta do lado ser um completo estranho elas nem ligam se  a pessoa esta ouvindo ou não.

  Em uma dessas situações estava escolhendo um produto no supermercado, 4 moças conversavam sobre fantasias sexuais.
  Uma delas disse em voz baixa/audível, que sonhava em transar com dois homens ao mesmo tempo, porem jamais faria isto.

   Uma outra em pleno refeitório da empresa disse que colocou o marido para fora quando descobriu que ele tinha uma amante, o marido se casou [ou foi morar junto] com a amante.
  Sabendo do horário de trabalho da ex-amante, a ex-esposa ia a nova casa do marido e transava com ele, pagando na “mesma moeda” a sacanagem da outra mulher.
  Eu no meu canto fiquei imaginando o “sofrimento” daquele pobre homem…
  😆

  O mal geralmente é inconsequente, ilógico, divertido ... quando acontece na vida dos outros.

  Quem não se diverte com as vídeo cassetadas?

  A moça que fantasiava transar com dois homens não teria muita dificuldade para realizar seu desejo.
  Se já não havia realizado...
  Para um homem conseguir transar com  duas mulheres, na maioria das vezes só com profissionais do sexo.
  Para uma moça razoavelmente bonita é algo bem mais acessível.
  Porém temos um problema cultural.
  Se um homem transa com duas mulheres acontece um certo prestigio.
  Uma moça que transa com dois homens têm um "desprestígio".
  No entanto se ela fizer longe do seu círculo de conhecidos a atividade pode ficar em segredo.
  Se a moça for mais desinibida e não se importar com o "julgamento" das pessoas surge uma questão interessante.

  As próprias mulheres (sem generalizações) desprestigiam outra que transe com dois ou mais homens ao mesmo tempo.

  Em um debate foi me dito que a mulher não deveria se permitir ser usada dessa maneira.
  Caraca!
  Não estamos falando de algo conseguido com o uso da força ou coação.
  Se a fantasia é dela e o prazer é dela não seria ela que estaria usando os dois homens?

“Mulheres más fazem o que as boas só fantasiam.”




  Não sou moralista, cada um tem seus gostos.
  Nunca fantasiei transar com duas ou mais mulheres ao mesmo tempo, nunca tive energia pra isso 😃 a preguiça é minha fiel companheira.
  Sei lá, é um momento intimo de duas pessoas que se desejam, na minha mente não faz sentido uma terceira.
  É como na dança.
  Você se interessa por uma moça, pode sentir a musica, sentir o corpo dela junto ao seu ... há uma harmonia ... se clocamos uma terceira ... vira balada funk😈
 Gosto é gosto, eu não gosto.
  ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O que dizer do triângulo amoroso da colega no refeitório?

  Não se importava em dividir o mesmo homem só não queria ficar no papel de traída!?

    O "mal" nos leva a essa desconexão da realidade, a lógica some no horizonte dos eventos, coisas simples são transformadas em jóias raras e o que teria mais valor fica relegado a um segundo ou terceiro plano.

   Se a moça ainda queria ficar com o marido não deveria se apressar tanto em coloca-lo pra fora.
  "Talvez" fosse uma estratégia para que ele implorasse arrependido pedindo para ficar.
   Uma vez que isso não aconteceu ficou claro que ele preferia a amante.
   A razão, a realidade implora pra seguir em frente, mas ela prefere se prender a uma situação ... engraçada ... para eu que estou de fora.

  A mensagem que quero passar nessa meditação é que certas fantasias (caso você tenha) é melhor mesmo que NÃO sejam colocadas em pratica.
  Você "pessoa boa" (no sentido de "careta") por vezes fica com inveja daquela mais transloucada, que age por instinto.
  Convido você a um olhar mais holístico.
  Até deixe de lado seus conceitos de mau/bom, certo/errado ... por vezes tudo não passa de tradições/costumes.

  Uma "suruba" é boa ou má, certa ou errada?

  Se são pessoas adultas que estão nela por livre espontânea vontade ... estão fazendo mal a quem ou a que!?

  No entanto tudo tem consequências.
  Uma experiencia de sexo grupal pode trazer muito prazer (para quem gosta evidentemente) mas te expõe muito mais a doenças venéreas, gravidez indesejada ... dificuldade de relacionamentos mais sérios ... para um namoro mais tradicional participar de suruba não é algo que conte pontos positivos no seu currículo😆

  Experimentar drogas dispensa comentários.
  Seu colega "chapadão" pode ser muito engraçado ... se não tem que conviver com ele.
  Excesso de bebidas ou drogas destrói empregos e famílias.

  Se você é pai gostaria de ter filhos drogados?
  Se você é filho gostaria que seus pais fossem drogados?

  "Tudo me é permitido, mas nem tudo convém.
   Tudo me é permitido, mas não deixarei que nada domine.”
   [1 Coríntios 6:12]

  Amém?




.