terça-feira, 7 de maio de 2013

Costumes

“Os costumes são a hipocrisia das nações.”
[Balzac]


  Hipocrisia - Fingimento de bondade de idéias ou de opiniões apreciáveis.

 “Eles são assim porque nunca tiveram chance de conhecer outro tipo de vida.”

  Essa é uma das opiniões que mais leio quando escrevo sobre povos “supostamente” oprimidos.
  Essa opinião é estranha quando percebemos que para praticar um atentado terrorista é preciso bom nível de planejamento, é preciso conhecer quem se quer destruir.
  Os indivíduos que planejaram e executaram os atentados ao WTC conheciam seus alvos e os odiavam ou tinham enorme desprezo por eles.
  Temos notícias de terroristas que estudaram em universidades Inglesas e Americanas tinham uma vida bem “ocidental”.
  Conviviam com os americanos.

  Sabem de uma coisa, eu só como frango porque ele já vem depenado e morto se eu convivesse com o bichinho não teria coragem de mata-lo.

  Como já servi o exército e fui exposto a situações extremas sei que tenho a capacidade de matar, mas só em caso de alta necessidade de sobrevivência ou justiça.

  Essa teoria da ignorância dos povos até era uma boa hipótese há tempos atrás, mas com o avanço tecnológico ela não se sustenta mais.
  É muito difícil encontrar um país tão pobre que não disponha de TV ou Celulares, sabemos muito bem como os Islâmicos vivem e não gostamos do seu modo de vida, quantas de nossas mulheres usariam burcas?
  Calma!
  Não diga que nenhuma ocidental usaria burca porque muitas igrejas são bastante restritivas quanto a roupa e não faltam fiéis femininas.

  Dá mesma forma as mulheres islâmicas sabem como as cristãs vivem e não gostam do seu modo de vida embora muitas islâmicas sejam simpáticas ao nosso modo de vida e fariam muita coisa para fugir daquele regime.

  Percebem que é algo mais que costume, genética ou território?
  Alguns espíritos nascem com uma frequência e outros com outra?

  Como se algo controlasse onde nasce mais de um tipo e onde nasce mais de outro, mas como a vida não é exata a distribuição não é rígida criando uma tensão por todo o planeta.
  Mais uma vez ficamos diante da teoria do Yin e Yang onde o movimento surge dessa diferença de potencial onde é complicado definir o que é bem e mal.

  Uma Beyoncé dançando Crazy In Love é abominável para certas culturas e mulheres.
  Da mesma forma deve ser abominável para Beyoncé viver coberta dos pés à cabeça morando em uma região desértica.

  No entanto se as mulheres estão satisfeitas usando burca...onde está o mal?

  Se a Beyoncé está satisfeita em mostrar seu corpo...onde está o mal? 

  A existência da Beyoncé não coloca em risco a existência da moça da burca.

  Se a Beyoncé ganha mais dinheiro, tem mais liberdade, sorri mais ... a alegria de Beyoncé é incomoda e "merece ser explodida"!?

  Isso sim me parece um grande mal…




 Isso é bom...




anterior                       COMENTAR                              próximo