segunda-feira, 6 de maio de 2013

Rosas para o Assassino

  “Clérigos islamitas se abstiveram de condenar o assassinato, outros manifestaram empatia com o assassino.
   Considerado herói por inúmeros fóruns de opinião (o suspeito) foi recebido com uma guirlanda de rosas em sua primeira visita à justiça”.

_________________________________________________________________
  “O governador do Paquistão Salmaan Taseer foi assassinado a tiros em uma área comercial de Islamabad por um de seus guarda-costas.         
  O crime foi motivado pela oposição do governador às leis contra a blasfêmia do Paquistão e seu apoio à cristã Ásia Bibi, condenada à morte.
  Muitos clérigos islamitas se abstiveram de condenar o assassinato, outros manifestaram empatia com o assassino, quem, inclusive, foi considerado herói por inúmeros fóruns de opinião e recebido com uma guirlanda de rosas em sua primeira visita à justiça.”
  [BOL]
___________________________________________________________________    

 
  “Segundo a Lei Islâmica (Sharia) é crime capital criticar o Islã, o seu profeta ou mesmo a própria Sharia. Seguindo esta lógica, é comum a existência de Lei da Blasfêmia em países de maioria muçulmana.
  O governo paquistanês aplica a Lei da Blasfêmia com o apoio da vasta maioria da população, que requer a pena de morte para os apóstatas (aqueles de deixam de ser muçulmanos) e para o blasfemadores (aqueles que criticam o Islã)” 
[José Atento]

  Você entendeu?
  Vamos imaginar isso no Brasil, talvez fique mais claro.
 
  No Brasil seria crime você falar qualquer coisa supostamente contra o Cristianismo.
  Uma budista em um deslize é condenada à morte por falar algo que vai contra a fé cristã.
  O Governador de Santa Catarina diz que devemos ser mais tolerantes.
  Condenar a budista a morte é um exagero.
  O segurança do governador, um cristão fanático, o mata a tiros por causa da sua posição política.
  Líderes católicos e protestantes não condenam a atitude do segurança.
  O assassino é considerado herói por boa parte da população, inclusive é recebido com flores em sua primeira ida a delegacia...

  Depois ainda questionam porque Israel está construindo um grande muro para se isolar dos islâmicos!?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  “Erguidos para impedir a movimentação dos terroristas, muros e cercas cumpriram sua função: em 2002, atentados mataram 450 judeus, contra 25 em 2011.
  Hoje, a maior parte dos ataques ao território israelense se deve aos morteiros Qassam lançados pelo Hamas, grupo fundamentalista islâmico que controla Gaza,”

  Antes de Bush pensávamos que seria possível derrubar todos os muros, todas as cortinas de ferro ao som de Louis Armstrong - What A Wonderful World

  Os muros que eram construídos para evitar que os Comunistas fugissem de seu país hoje são construídos para defender nossa sociedade judaico/cristã.

A “verdade do momento” é que não tem outro jeito.

  Somos muito mais fortes militarmente que os islâmicos, mas não é mais da nossa tradição nos impor pela força.
  Estamos abandonando nosso passado de barbárie.
  Os exércitos só serão utilizados como último recurso.
  Logo, construir muros (gostemos ou não) é uma solução aceitável.
  Claro que Israel tem poder de fogo para eliminar os palestinos, mas nossa cultura Ocidental não permite mais isso.

  Por isso defendo que a Europa NÃO deve se escancarar para refugiados.

  O próprio Brasil deveria rever sua diplomacia externa.

  No governo do PT acobertamos terroristas e tivemos uma diplomacia simpática aos ditadores.

  Os muros serão construídos nós brasileiros devemos escolher que lado iremos estar.
  Dos que ficarão barrados nos muros ou serão bem recebidos em nações desenvolvidas.
  Assim como no Paquistão ... a maioria decide.
 



 Suplicy foi “fiador moral” de assassino.
  Terrorista foi condenado à prisão perpétua na Itália pela participação em 4 assassinatos.
[Implicante]


anterior                        COMENTAR                                 próximo

Postar um comentário