quinta-feira, 9 de maio de 2013

Santo Povo

  “Um país tão rico como o nosso, cheio de belezas naturais, com um povo humilde, alegre e um governo que não nos respeita.”

  [Esse comentário foi feito por uma leitora da Revista Veja é sobre o aumento salarial dos parlamentares.]

  Gosto de ler depoimentos, através deles dá para fazer uma análise do que se passa pela cabeça da maioria das pessoas.
  É possível descobrir a “verdade do momento”.

  Uma verdade é que a grande maioria desaprova o aumento e a outra verdade é que todos se sentem vítimas.
 
  Sei lá!
  Acostumamos a acreditar que tem uma casta do povo puro e bom e outra casta dos políticos alienígenas que vieram invadir nosso planeta.

  Balzac nos alertava sobre a hipocrisia dos costumes.

  Vejam esse caso em Brasília:

  “Com a confirmação do Brasil como Sede da Copa do Mundo de 2014, o governador Agnelo Queiroz deu andamento acelerado ás obras de reforma do novo estádio.
  Em 18 de maio de 2013, com 5 meses de atraso em relação à previsão inicial e após 2 adiamentos, o governador inaugurou o novo estádio.
  O custo da obra, integralmente paga com recursos públicos, foi superior a R$ 1,7 bilhão, tornando-o o segundo estádio mais caro do país.”
  [Wikipédia]

  Você lembra de algum time de Brasília na série principal de nosso campeonato de futebol?
  O que justificaria um estádio de futebol tão gigantesco!?

  Brasília tem uma grande renda per capita é uma cidade relativamente nova, como culpar um “curral eleitoral” pela eleição de políticos corruptos ou questionáveis administrativamente?

  Não me venham com a historinha do povo pobre, humilde e ignorante porque os números desmentem.
  A classe média é tão grande em Brasília que um político não tem como se eleger sem esse tipo de voto.
  Na eleição que se seguiu ao escândalo do mensalão eu tinha um pequeno restaurante e fazia entregas em bairros nobres de Campinas no distrito de Barão Geraldo.
  A adesão a corruptção era estampada em selos nos carros e nas casas de gente muito endinheirada.

  Dizer que Lula se elegeu com os votos dos nordestinos do Bolsa Família é uma grande falácia.

  Campinas é uma cidade “rica” de SP, com 1 milhão de habitantes, posso lhes garantir que o apoio a Lula em 2006 era maciço.

  Depois da cassação de Collor, do desmonte da quadrilha do orçamento, da lei de responsabilidade fiscal, parecia que o país estava caminhando para ética na política.
  A vitória do PT em 2002 reforçava ainda mais o anseio do povo por políticos éticos, honestos, sérios.
  Contrariando toda lógica os petistas usaram táticas ainda mais fisiológicas e o povo humilde e alegre aplaudiu de pé!!!!

  Os políticos de Brasília, Campinas e todos os políticos de cada cidade desse país são um retrato fiel do povo que eles representam.

  Se não gostamos da imagem que vemos no espelho que culpa tem o espelho!?


  Nós é que devíamos nos dar ao respeito e só votar em gente com ficha limpa e bons trabalhos prestados a comunidade, mas claro, mal dizer o espelho é mais fácil ... e extremamente INEFICIENTE.





anterior                       COMENTAR                                próximo

Postar um comentário