domingo, 15 de setembro de 2013

Para Catastrofistas

“Com o esgotamento dos recursos do planeta, ou do potencial de geração dos mesmos recursos, esse sistema político atual não vai conseguir resistir.”
 [E-mail]


 Sempre essa mesma ladainha de Malthus!!!
 Nossa tecnologia não para de evoluir, os países desenvolvidos que consomem muito estão procriando cada vez menos e os pobres ignorantes que procriam bastante consomem pouco.
 Cada dia escuto mais sobre novas matrizes energéticas, até o petróleo esta sendo redescoberto com novas maneiras de extrai-lo.

 “Em relatório, agência aponta que tanto o gás como o óleo de xisto já estão transformando o mercado global de energia, principalmente ao fornecer suprimentos baratos à economia norte-americana e reduzir sua dependência das importações.”  [Veja]

 Nossos aparelhos e maquinas estão cada vez mais eficientes no consumo de energia e na capacidade de produzir.


 Alguns povos vivem em guerra, são ilógicos demais para viverem em paz, então falta comida para eles, mas esta não é a realidade do mundo, estamos cada vez mais gordos.  


Se tem “menos adaptados” em Cuba tem gente esperta na Inglaterra, saindo do politicamente correto acho até bom que povos ineficientes não espalhem seus genes por aí é melhor que fiquem em seu habitat.


 Se não formos atingidos por nenhum cometa ou coisa do tipo não tenho duvidas que seremos eficientes nas viagens espaciais nem que seja com naves robôs, se não tiver mais nenhum povo por perto teremos todo o sistema solar para nos abastecer, tudo só para nós, sabiam que tem planeta que chove gasolina?
 Enfim, os catastrofistas só ficarão satisfeitos quando verem o fim do mundo.
 Enquanto os cães ladram as carruagens passam.

 Além do mais se o mundo acabar os catastrofistas também não estarão aqui para comemorar…




  PS: Até parece que países Comunista eram um exemplo de proteção a natureza.

  "Boa tarde, meus camaradas.
   Todos vocês sabem que houve um inacreditável erro – o acidente na usina nuclear de Chernobil.
  Ele afetou duramente o povo soviético, e chocou a comunidade internacional.
   Pela primeira vez, nós confrontamos a força real da energia nuclear, fora de controle."
[Wikipédia]


anterior                                           <>                                                próximo
Postar um comentário