quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Substituindo X

“A falta de dinheiro é a raiz de todo o mal.”  [Bernard Shaw]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
 A falta de dinheiro realmente é desagradável, mas não vejo o dinheiro como raiz de nada, nem do bem nem do mal.
 Seria interessante flutuar pelo conceito de Yin/Yang entretanto ficaria complexo demais.
 Muitas coisas que estão no Abismo não posso trazer para os senhores sem ser tratado como louco [mais ainda] ou ser tirado do rede.

 Vamos ver o que eu posso trazer sem ultrapassar os limites de entendimento da maioria.
 O dinheiro é um objeto.
 No Abismo por vários fatores certos objetos são transformados em “conceitos”.
 O caminho [digamos] “certo” é um pensamento se materializar em um objeto, eu penso em fazer uma cadeira e aquele pensamento havendo condições é materializado.
 Se eu disser para você “Bola”, ira pensar em uma esfera que é usada em vários esportes pode lembrar futebol, vôlei, basquete.
  Você pensa na bola como ela realmente é, um objeto utilizado para esporte, diversão.
 Se eu falar Bíblia, Corão a mente da pessoa já vai para outra dimensão.
ººººººººººººººººººººººººººººººº
 Como estamos em um país cristão creio que a Bíblia servirá melhor ao meu propósito, mas poderia ser qualquer outro livro sagrado ou doutrinario.
 Provavelmente quando você leu Bíblia não ocorreu na sua mente o mesmo quando leu bola ou cadeira, você não pensou na Bíblia como um objeto qualquer.


 Você talvez tenha entrado em contato com o “sagrado” a Bíblia na sua mente não entrou como um objeto entrou como um conceito.


 Está complicado né? Darei um exemplo.
 Estava em uma sala de espera e sem nada para fazer enxerguei uma dessas Bíblias de bolso sobre o balcão, abri e na primeira pagina estava escrito algo assim:

 “Não leia no horário de serviço! A Bíblia esta aqui para abençoar o local de trabalho e proteger o mundo todo”.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
 Me controlei para não dar altas gargalhadas e ser tratado como louco.
 Na minha mente surgiu a imagem de raios saindo daquele pequeno livrinho iluminando a cidade e o mundo e acabando com todo mal da face da Terra.
 Minha mente não consegue conceber naquele objeto tanto poder então surta, é tomada por “pensamentos selvagens”, porque na minha mente o livro continua um objeto não é um conceito de poder.
 A imagem formada não corresponde a realidade que eu consigo observar, algo como um elefante voando ou uma planta falando.


 Acontece que quem escreveu aquela recomendação acredita nos raios, sua mente concebe tanto poder naquele livrinho, para ele não é um objeto é um “conceito”, A PALAVRA DE DEUS.


 Então substituindo X [dinheiro] na equação fica:

 A falta da de ler a Bíblia é a raiz de todo mal.

 Vamos melhorar a equação, torna-la mais inteligível.


 “A falta de seguir a palavra de Deus é a raiz de todo mal.”


 Bom, senhoras e senhores, esta aí uma filosofia muito complexa, fiz de tudo para torna-la acessível, para quem conseguiu acompanhar fico muitíssimo grato pela companhia, no Abismo a solidão é muito densa, pode até ser tocada, a solidão é sólida, qualquer companhia é sempre muito bem vinda.
 O dinheiro é um desses objetos que foram transformados em conceito, quando você houve falar em dinheiro pensa em PODER, algo capaz de mudar absolutamente tudo em sua vida.
 Na realidade o dinheiro é só mais um objeto, não pode mudar tudo em sua vida, nenhum objeto conhecido tem esse poder, mas se sua mente acredita que tem então a presença dele já te faz sentir melhor.
  Por vezes a única coisa que importa para uma pessoa é um “bom sentimento.”
 Quando o cara cheira uma carreira de cocaína não passa a ficar feliz, simplesmente esquece qualquer coisa que lhe traga tristeza, entorpece sua mente, na “ausência” da tristeza só consegue ver a alegria que vem com a euforia e alegria é um bom sentimento.
 O dinheiro não vai mudar tudo em sua vida, mas se conceitualmente você acredita que vai então faz de tudo para consegui-lo.
 Quando sua mente se desdobra em 3D entende que felicidade não existe ao mesmo tempo que percebe que dinheiro pode lhe trazer muitos “momentos felizes”.
 Por vezes o que mais nos importa é somente isto, viver um bom momento, ter um bom sentimento…
 Cuide-se bem! Certifique-se que em nome de viver um bom momento não esta tornando todo resto do seu tempo em um enorme tormento.
 Refaça seus “cálculos” e BOA SORTE!




Postar um comentário