sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Bons Tempos?

  “Não há nada novo sob o Sol, mas quantas coisas velhas há que não conhecemos.” 
  [Ambrose Bierce]

  


  Sempre que escuto alguém falando:

“Esse mundo está perdido, não tem mais jeito!”

  Sei que estou diante de uma pessoa que ignora muito do passado da humanidade.

  Hoje temos câmeras por todos os lados e pessoas que ganham só para correr atrás de notícias.
  Para mentes lineares acontece uma impressão de fim de mundo, mas FILOSOFICAMENTE não é possível afirmar isto.

  Meu pai era violento, mas não demonstrava prazer em bater.
  Na minha infância vi mães e pais que batiam nos filhos violentamente por qualquer coisa e tudo era tido como absolutamente normal para a sociedade em volta.
 “É de pequeno que se torce o pepino”, diziam e tome porrada.

  Se conversarmos com pessoas um pouco mais velhas, principalmente se vieram da “roça” ouviremos relatos de verdadeiras torturas.
[Não que na cidade fosse muito diferente]

  Dificilmente você encontrará uma pessoa nascida na década de 40 que não saiba o que era palmatória ou ajoelhar no milho como castigo.

  Uma colega contou que sua mãe teve que fugir com as filhas, pois seu pai estuprava uma de suas irmãs, nunca aconteceu nada com o cara por causa do estupro, mas a família sofreu horrores com pobreza e perseguição.

  Outra contou que o pai fazia questão de se embrenhar no mato com o único objetivo de colher varas de marmelo, ele até as encerava para arder mais e deixar mais vergões.
  Se um filho fizesse algo errado [e tudo era errado] todos os outros apanhavam juntos.
  Sua mãe chegava a acordar quem estivesse dormindo para apanhar sem nem saber porque…

  É senhoras e senhores, tempos difíceis e ainda tenho que ouvir que o mundo hoje está perdido e antigamente tudo era melhor!!

  Hoje achamos horríveis essas notícias sobre padres pedófilos e são mesmo, mas quem acredita que esse abuso de crianças começou na geração passada?
  Isto vem de muito longe, quantos milhares sofreram sem ter uma IMPRENSA LIVRE para fazer denúncias e uma polícia que “pudesse” prender certos representantes do Clero ou da Nobreza?

  Não acreditem em mim, pesquisem:

  “Depois de ser nomeado Marechal da França pelo Rei Charles VII, estabeleceu-se na Bretanha, onde dirigiu seus heroicos impulsos para torturar e assassinar.
  Gostava principalmente de matar meninos, que eram sodomizados e depois decapitados.
  Também se divertia observando seus servos “destrinchando” os corpos dos meninos e masturbava-se sobre suas entranhas.”

  Se qualquer pastor evangélico casasse hoje com uma menina de 9 anos seria um horror.
  Aqui no Brasil daria cadeia na certa.
  Entretanto Maomé fez exatamente isso e é adorado como o maior profeta de todos os tempos pelos muçulmanos.

  Sei, sei, você dirá que era coisa aceitável naquela época, mas lembre-se que estamos falando de um homem “santo” que não deveria ter dado esse mau exemplo.
  Alá é o mesmo hoje, ontem e sempre, se aceitou naquela época aceita hoje também.

  Sempre podemos melhorar, mas já evoluímos muito e não reconhecer isso é um dos maiores problemas da sociedade atual.

  Quando alguém te disser que a humanidade está perdida, nunca esteve tão ruim, é o final dos tempos… DESCONFIE!
  Essa pessoa “inventou uma realidade” e idiota de quem embarcar nela.
  Você estará diante de uma pessoa que não conhece nada de história, vive uma fantasia de que a humanidade começou quando ela nasceu, alguém para sentir pena e definitivamente NÃO SER LEVADA A SÉRIO!

  “A primeira condição para modificar a realidade consiste em conhece-la.”   

[Eduardo Galeano]



anterior         <>              próximo


----------------------------------------------------------------------------


Postar um comentário