terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Quer Suco?

  “No intervalo das encarnações, aprendeis em uma hora o que vos exigiria anos sobre a vossa terra.” [Kardec]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
  Sinceramente fica muito confuso entender como isso acontece.
  Se o intervalo entre as encarnações é tão eficiente porque perdemos tempo estando encarnados!?
  Porque tantos espíritos que entram em contato nos Centros Espiritas estão em estado errático?

  No exército tinha o intervalo entre os treinamentos onde recebíamos noções teóricas, mas era no exercício de campo que o bicho pegava, ainda bem que não tive que lutar em nenhuma guerra, pois tenho certeza que os exercícios de campo seriam coisa de criança.
  Kardec não queria que chamassem o Espiritismo de religião, queria que chamassem de Filosofia, mas tudo que ele diz são plágios de religiões.
  As religiões nos prometem este mundo maravilhoso pós morte, Kardec nos promete este aprendizado e dimensão maravilhosa pós morte.
  Eu me considero filosofo, mas não me considero religioso então diferente de Kardec observo que podemos aprender muito aqui.
  Se admitirmos o pensamento de Kardec teremos que admitir que a principal razão de estarmos aqui é um resgate com jeito de punição uma vez que aprendemos tão pouco ou praticamente nada se comparado com o intervalo das encarnações.
  Acontece que isso é o que prega o Cristianismo:
  JÁ NASCEMOS COM CULPA.
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Pensem na seguinte situação, tenho desejo que minha filha aprenda inglês e tenho totais condições de passar um ano com ela na Inglaterra.
  Sabemos que esse 1 ano na Inglaterra será mais eficiente que 10 anos em um cursinho aqui no Brasil.
  Qual a lógica em submeter minha filha a 10 anos de curso?
  Ora, partamos para o exterior sem essa desnecessária perda de tempo.

  A “religião” que fiquei mais tempo foi o Espiritismo porque eu evitava ler a D.E. [Doutrina Espirita]
  Sempre relutei em perder a Fé, estudar a Bíblia profundamente inviabilizou minha permanência no Catolicismo e Evangelismo.
  Pelo pouco que lia a D.E. já supunha que lê-la na integra inviabilizaria minha permanência no Kardecismo tamanho eram as incoerências.
 Para manter a Fé não podemos pensar muito, temos que aceitar os dogmas.
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  É muito chato quando ouço uma palestra em que a mediocridade do sermão é facilmente identificável e no final tenho que dizer Amém e aplaudir.
  Zapeando a TV ouvi RR dizer que não devemos beber absolutamente nada de álcool, pois não é coisa de Deus e sim do mundo.
  Ele é um excelente palestrante sabe MANIPULAR os ouvintes e disse que Jesus nunca bebeu vinho como conhecemos nos nossos dias. [Olha o sofisma aí gente...]

  RR Soares -  “Historiadores comprovam que Jesus bebia um suco de uva não fermentado”.

  Hã? Onde está o SOFISMA?
  Historiadores tem pouquíssimas provas da existência de Jesus tal qual a história narrada na Bíblia.
  Josefo descreve em um parágrafo um personagem que “poderia” ser Jesus, logo não sei a que tipo de historiador RR se refere que possa comprovar a qualidade do vinho consumido por Jesus.
  Suco de uva é suco de uva, eu bebo tranquilamente o suco, mas vinho eu não suporto.
  Não está convencido?
  Lembre-se que a Bíblia cita porres homéricos como no caso de Noé.
  Mesmo que você não seja um leitor assíduo da Bíblia deve ao menos saber que Noé nasceu muito antes de Jesus então fica muito estranho deduzir que o vinho que Noé e tantos outros tomaram não era o mesmo vinho que Jesus tomava.
 Ló transou com as filhas sobre efeito de suco de uvas!!
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  A reencarnação é uma incógnita, mas se supormos que ela existe e seu intervalo é mais eficiente para a evolução, para o aprendizado então os Espíritos Superiores deveriam explicar melhor porque perdemos tempo aqui?
  Ao ler a Doutrina Espirita notamos incoerências tão grandes quanto as encontradas na Bíblia porque o Kardecismo é um plágio do Cristianismo e Hinduísmo.
  E tal qual RR Soares, Malafaia ou Marcelo Rossi os palestrantes Kardecistas nos enganam com sofismas difíceis de passarem despercebidos para um Livre Pensador.

  Kardec quer nos convencer que o Espiritismo é o Cristianismo em seu estado puro, um “suco de uvas não fermentado”.
 
  Sei lá! Eu observo que o suco de uva de Kardec há muito já foi fermentado, é um porre como todas as demais religiões… HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!


anterior         <>              próximo


Postar um comentário