quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Não Consigo Perdoar

  “Todos dizem que o perdão é uma idéia maravilhosa até que elas possuam algo para perdoar.”     [C. S. Lewis]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%

  Não quero que esse texto seja um clichê sobre o perdão, quero que ele transcenda ás profundezas do Abismo, vamos meditar muito profundo, vou tentar não chegar muito próximo a buracos negros do pensamento, irei deixar poderosos filtros ativados, mas o resultado é sempre uma incógnita, vem comigo!

  Minha capacidade de perdoar não é muito grande, na verdade é bem pequena.

  Acontece que a LÓGICA me diz que é falta de inteligência persistir em uma ação cujo maior prejudicado serei eu.

  Conhece aquela expressão “dar murro em ponta de faca”?
  O que conseguirá com isso além de machucar sua mão e despertar pena em alguém?
  Se ser alvo da dó das pessoas é o que lhe dá prazer então a solução é até satisfatória.
ºººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Eu não perdoo a vida, o destino, o Acaso, o Karma…sei lá o que, por eu ter ficado desempregado depois de tanta dedicação, profissionalismo, honestidade, competência, ainda mais em uma idade que as coisas já deveriam estar caminhando para uma certa estabilidade.
  Felizmente já havia quitado o apartamento, mas uma filha estava com 5 anos e outra com 3.
  Eu trabalhava muito e meu salário nem era tão bom, mas o buraco que de repente eu fui jogado foi de uma crueldade da vida tão grande que não dá para perdoar.

  Sigo adiante, ficar imaginando tudo de bom que poderia ter acontecido é algo como dar murro em ponta de faca, o passado, os FATOS, não irão mudar.

  Muitas pessoas inventam uma realidade, buscam atenuantes de que tudo foi para seu bem, as famosas “provações”.
  Eu não consigo me iludir com isso.
  Sem dúvida, se a empresa existisse até hoje, minha vida financeira seria melhor e quanto a Filosofia não sei como deixaria de fazer parte da minha vida por eu estar menos pobre!
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Vou usar exemplo de automóveis tentando uma melhor visualização.
  Se um outro carro encostou de leve no para-choque do meu o transtorno de abrir um B.O é tão grande que é melhor seguir adiante e arcar com os prejuízos.
  Não é que eu perdoei o infeliz, acontece que exigir uma punição, um ressarcimento não me parece compensar o desgaste.
  Se a avaria fosse mais grave o “perdão” não aconteceria, eu acionaria os órgãos competentes para eu não ficar no prejuízo.
  No entanto se o cidadão que bateu no meu carro abandonou o local sem que eu conseguisse anotar a placa... embora eu não perdoe a situação, fico impotente para buscar uma restituição.
  Também tem aquele caso de você ser atingido por uma “lata véia”, o indivíduo mal tem dinheiro para colocar gasolina imagine consertar seu carro e o dele.
  Observem que o mais perto do perdão que eu consegui chegar foi na avaria leve, meu prejuízo não foi tão grande então...deixo para lá.

  Perder meu emprego foi extremamente grave, diante de tal ocorrência fui e sou totalmente impotente para buscar qualquer punição ou ressarcimento.
  Perdoar eu não perdoo, mas não tenho outra opção LÓGICA que não seja seguir adiante.
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Sei que as religiões e a sociedade Freudiana a todo momento lhe dizem o quanto é maravilhoso perdoar e deve ser mesmo, isso não é um SOFISMA.
  Apenas quero que medite que talvez você assim como eu NÃO tenha essa capacidade de perdoar.
  Então o que eu posso te dizer?
  Se tiver o mínimo que seja, um pequeno resquício de capacidade de perdoar use o perdão consigo mesmo.

  SE PERDOE POR NÃO SABER PERDOAR.

  É meu amigo, vem comigo, SIGAMOS ADIANTE!
  Não quero ver ninguém dando murro em ponta de faca, merecemos ter alegrias tantas quanto possíveis.
  Como tenho que escrever os textos, trago à tona esses acontecimentos, mas não são lembranças que ficam remoendo a minha mente, passou, passou, fiz o melhor que pude e ficar ruminando acontecimentos que não podem ser mudados é como jogar areia nos olhos ou em engrenagens bem lubrificadas.

  Não vou agradecer pelo mato alto onde plantei flores.

  Ninguém é perfeito, mas se no geral você agiu bem e mesmo assim coisas desagradáveis aconteceram em sua vida, não adianta ficar só olhando para o mato alto, mesmo nos lugares íngremes ainda encontramos lindas flores, vamos ser apreciadores de flores, aquelas alegrias mais simples que não precisam de um grande feito para existirem, como o café gostoso e pãozinho quentinho que tomarei agora no meu dejejum ou o abraço gostoso em minha filha desejando a utopia que sua vida só tenha flores ou pelo menos tenha mais flores que a minha.
  Não tenho uma grande capacidade de perdoar, mas tenho uma enorme capacidade de desejar o bem a todos meus irmãozinhos de existência, viver não é brincadeira não.
  Uma excelente existência a todos, um ótimo dia. Tenha certeza que quando te olho eu…VEJO FLORES EM VOCÊ.

anterior         <>              próximo



Postar um comentário