sexta-feira, 4 de abril de 2014

Advogados

  “Se não existissem más pessoas, não haveria bons advogados.” [Dickens]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
  Da série “eu não sirvo para quase nada” já disse que não sirvo para ser advogado.
  Eu entendo que a função deles é defender quem quer que seja, mas eu só consigo defender quem eu acredito na inocência.
  Algumas pessoas acham que sou bom com as palavras e um dos lugares que "já me mandaram" foi para Faculdade de Advocacia.


  Alguém pode achar que tenho alguma grande paranoia com a Bíblia de tanto que falo sobre ela, mas é que para simplificar o tema, expor o pensamento mais claramente é importante falar uma linguagem comum a todos os leitores.
  A bíblia é um dos livros mais lidos no mundo, no Ocidente sem dúvida é o primeiro.
  Por mais que o cidadão seja avesso a leitura, alguma passagem da Bíblia ele lembra e até recita e aplica em sua vida.
  Então não percam tempo fazendo psicanálise em mim, apenas analisem a SITUAÇÃO.
  Para amarrar um texto no outro, dar uma continuidade, lembrem-se que eu e meu amigo Darwin não dissemos categoricamente que a Bíblia é falsa, dissemos que não dá para defender que ali Deus nos é apresentado como um ser justo e bom.
  Ou seja, se eu fosse advogado até conseguiria ir para um plano de pensamento onde Deus seja justo e bom, como foi relatado no texto “Divina Comédia” [clique aqui], mas defender um Deus justo e bom baseado na Bíblia não tenho como e desafio qualquer um a defender isso aqui.
ºººººººººººººººººººººººººººººººººººººº
  Dickens sugere que um bom advogado é aquele que consegue inocentar um culpado ou pelo menos reduzir-lhe bastante a pena [observem que ele disse pessoas más].

  Eu sugiro que um bom advogado é aquele que ajuda o juiz a praticar JUSTIÇA.

  Mas fale a verdade é isso que você vê acontecer no dia a dia da advocacia? 
  Claro que não estou generalizando, eu nunca faço isso.

  O advogado quer dinheiro [não, não os condeno por isto, seria hipocrisia demais para um capitalista] se ele tiver que colocar em liberdade um monstro ele fará isso.
  Dizem que o capitalismo é um sistema selvagem, mas é como dizer que um carro é selvagem!

  Você e só você pode decidir até onde esta disposto a ir por causa de dinheiro.

  Se eu fosse advogado e no decorrer do processo descobrisse que meu cliente realmente é culpado de estuprar e matar uma mulher eu não teria estômago para continuar o defendendo e dinheiro a mais não faria diferença.
  Minha mente forma imagens muito próximas da realidade e vai colocando variáveis nessas imagens formadas testando vários parâmetros.
  Sou capaz de rir muito de uma piada ou situação porque aquela imagem passa em tela gigante na minha mente, mas um outro efeito colateral é a tristeza profunda seguida de grande indignação quando a situação que se apresenta passa longe de ser uma piada.

  Nesse episódio recente da Noruega [texto publicado em 2/8/2011] fico imaginado em tela gigante um garoto, uma garota de 15, 16 anos sendo atingido por uma bala, tudo tão rápido que naquele segundo que antecedeu sua morte, não teve tempo nem de chamar pai, mãe, Deus...seu último momento deve ter sido um grande porquê?
  E me arrebenta por dentro não ter nenhuma explicação para dar a essas pessoas, apenas a de sempre, que:

   Existe espíritos muito maus nesta Terra e que somos incrivelmente tolerantes com eles.

  No caso do estuprador a imagem em minha mente seria de minha mulher, filhas, irmãs, colegas de trabalho sendo brutalmente assassinadas, não consigo imaginar quanto dinheiro seria necessário para apagar estas imagens da minha mente e eu ali libertando um monstro.
     Não é desejar ter dinheiro que nos torna monstros é o que somos capazes de fazer para consegui-lo.


  Não quero terminar este texto de maneira tão depressiva, lembrei agora de uma colega que caprichou tanto no português, mas caprichou tanto que virou uma comédia, foi mais ou menos assim.
 No trabalho temos direito a 15 minutos para tomar café ao que minha amiga em certa hora veio com essa:

Ruth- “Vocês já tomaram seus cafézes?”

W- Tô fora! Nunca tomei esse treco não…HAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHA!
[Imaginem em tela grande aquele café fumegando com fezes...credo!]


  E aí advogados selvagens, já tomaram seus cafézes…

anterior         <>              próximo