terça-feira, 3 de junho de 2014

Cortar Defeitos

  “Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso.
  Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”
 [Clarice Lispector]


  Lembrei da vez que Clarice dormiu fumando um cigarro o colchão pegou fogo e ela se acidentou gravemente.


  O grande problema do “politicamente correto” é que talvez ele dificulte o surgimento de grandes expoentes em todos os ramos da atividade humana.
  Não dá para saber, mas será que Clarice seria uma grande escritora se sua mente não estivesse sob efeito da nicotina?
  Eu não bebo e não fumo, até gostaria de dizer que os fumantes e bebedores de whisky são claramente intelectos inferiores, mas estaria contando uma grande mentira, algo que nunca observei, estaria inventando uma historinha.
 Percebo que a bebida afeta a velocidade da resposta muscular, diminui os reflexos, por isso deve ser evitada em atividades em que o bom reflexo seja necessário como dirigir um automóvel por exemplo, mas em muitos casos percebo que ela aumenta o grau de inteligência [claro, se não consumida em excesso].
  Acredito tanto no que estou escrevendo que até tentei beber com moderação, mas eu e o álcool somos totalmente incompatíveis, não perco a lucidez, não melhora minha inteligência só me provoca um grande mal estar como se estivesse envenenando meu corpo.

  Acontece que não sou a medida de todas as coisas e já encontrei de pedreiro a engenheiro que FUNCIONAM bem melhor depois de um ou dois cigarros; ou uma ou duas doses de uma bebida qualquer com bom teor alcoólico.

  Mas chega de falar dessas drogas, já deve ter gente horrorizada vamos para um outro plano de pensamento, vem comigo!



  Há pessoas com uma Fé enorme que a igreja que frequenta é a única verdadeira, tem Fé que aquele cordão benzido que traz no pescoço o protege de todo mal, tem Fé que um Santo protetor ou anjo da guarda esta com ela em todos os lugares, outra tem Fé que o próprio Jesus esta sempre com ela andando a seu lado.

  A Fé moderada é até um estimulo, mas exagerada só pode ser chamada de FANATISMO.

  Acontece que esse fanatismo pode ser justamente o defeito que sustenta aquela vida integra, assim como muitas mentes não conseguem se manter integras sem o uso de antidepressivos outras não conseguem viver sem uma Fé cega em alguma coisa.
 Sem a Fé elas seriam perversas ou se destruiriam rapidamente.

  Por conta de eu estar constantemente flutuando pelo Abismo tenho grande dificuldade de integração com as pessoas, custo a entender o que elas dizem é como se eu vivesse em um mundo à parte.
  Por vezes já tentei buscar planos de pensamento que me tirassem desse isolamento.
  Para familiares e conhecidos esse isolamento é meu grande defeito, mas…

  “Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. 
   Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”

  Prefiro continuar isolado.



anterior         <>              próximo