domingo, 27 de julho de 2014

Minha Casa minha Vida

"Em novembro de 1997, o governo baixou uma lei que mudaria o mercado imobiliário.
  Até então o Banco que financiasse um imóvel e levasse calote passava quase dez anos na justiça para tomar o imóvel de volta.
  Com a nova lei, a da "alienação fiduciária de coisa imóvel", o prazo para retomar o imóvel baixou para menos de 1 ano.
  Isso transformou casas e apartamentos em garantias de fato para o Banco, já que elas não fogem como carros e pessoas".    [Veja]
%%%%%%%%%%%%%%%%%%
  Essa lei importante foi implementada no Governo FHC, mais uma que tornou as relações comerciais menos caóticas.

  Eu sei que é difícil alguém comprar um imóvel e por N motivos não ser capaz de pagar, mas o conjunto da sociedade não pode ser penalizada por isso.

  Com a dificuldade dos Bancos em recuperar o imóvel é evidente que a exigência de garantias eram bem maiores e isso dificultava muito as coisas para você que não era rico e estava atrás da sua casa própria.

   O inocente pagava pelos maus pagadores.



  “Ainda falando sobre cultura e justiça, temos atitudes que desafiam qualquer lógica.
  Quem esta devendo é sempre “vítima indefesa” quem esta cobrando é sempre um “vilão frio e materialista”?
  Como Rui Barbosa disse: “chega a dar vergonha de ser honesto.”    Clique Aqui



Anterior          <>        Próximo
Postar um comentário