quinta-feira, 19 de julho de 2018

Mão Invisível do Mercado


​    “O assunto mais importante do mundo pode ser simplificado até ao ponto em que todos possam apreciá-lo e compreendê-lo.  
    Isso é, ou deveria ser, a mais elevada forma de arte.”
  [Charles Chaplin]



  O Estado da Bahia foi um dos maiores produtores de cacau do mundo.
  Os fazendeiros donos dessas plantações eram muito ricos. por conta disso mantinham poder político na região.
  Militantes do PDT e PT insatisfeitos com a situação traçaram um plano demoníaco.
  (Partidos são só letras, os criminosos é que devem ser punidos)
  Infectaram propositadamente as plantações com vassoura de bruxa, uma praga terrível para o cacau.
  Os militantes iam até a região norte onde a praga já estava disseminada coletavam galhos com a praga e traziam clandestinamente para região nordeste.
  O esquema foi um "sucesso".
  Destruiu a produção de cacau do Brasil.
 😢

"A sabotagem produziu um desastre econômico.
  Derrubou a produção nacional para menos da metade, desempregou cerca de 200.000 trabalhadores e fez com que o Brasil, então o segundo maior produtor mundial de cacau, virasse importador da fruta.
   Um estudo da Universidade Estadual de Campinas, elaborado em 2002, estima que a devastação do cacau na Bahia provocou, nos últimos quinze anos, um prejuízo que pode chegar à astronômica cifra de 10 bilhões de dólares."


  Porque estou escrevendo isso?
  Essa é mais uma meditação sobre oferta e demanda, a "lei" do Capitalismo que estabelece o preço das coisas.

  Ontem (17/07/2018) assisti no Jornal da Band pessoas indignadas com o preço do leite.
  Francamente não entendo o motivo da "indignação".
  Não posso atribuir a ignorância uma vez que a matéria explicou muito bem o porque do preço mais alto.
  Nessa época do ano com a pastagem mais seca as vacas não se alimentam muito bem produzindo menos leite.
  Elas não passam fome, recebem ração complementar ... que custa bem mais cara que a pastagem.
  Esse ano o quadro ficou um pouco pior devido a greve dos caminhoneiros que fez com que muito leite fosse jogado fora.
  Logo,não entendo o porque da indignação.
  Na matéria as pessoas diziam que o preço esta absurdo!
  Querem que arbitrariamente o Governo baixe o preço do leite.
  O Estado Gigantesco com seus tentáculos interferindo em tudo...

  Sou grande consumidor de leite, entendo o aumento de preço,  não estou indignado, não acho absurdo, não vou deixar de comprar a não ser que suba muito.
  Sei também que assim que voltar a chover regularmente o preço cai.

  Espero que o Governo fique na dele e não atrapalhe a cadeia de produção.

  E o chocolate?

  Fui grande consumidor de chocolate, tenho preferência pelo branco.
  No entanto faz uns dois anos que não compro.
  O preço subiu  demais não há sinais de baixar.
  Eu sei porque, não estou indignado.
  Com a perda do grande produtor que era o Brasil a oferta de cacau estagnou.
  Concomitante a isso a melhora de vida em certos países asiáticos, com destaque para China, aumentou mundialmente o consumo de chocolate.

  Maior procura/demanda + oferta estagnada = preço alto.

  Para terem uma idéia.
  Eu pagava em média 6 reais por aquela barra grande de 200 gramas.
  O preço se manteve, mas ... a "barra grande" diminuiu para 180, 150, 120, 100 gramas.
  Mesmo assim, como não bebo, não fumo, não uso drogas, não frequento balada ... poderia manter  normal meu consumo de chocolate, mas não gosto tanto assim de chocolate.
  Fui diminuindo o consumo.

  Quando você houve a expressão:
  "Mão invisível do Mercado."
  É basicamente isso.
  Se há muita procura e pouca oferta o preço aumenta.
  Preço alto estimula que mais pessoas produzam (quando isso é possível)
  Aumenta a oferta o preço  cai.

  Claro que há situações que o Governo tem que intervir principalmente na situação que chamamos de Cartel.

    “CARTEL é um acordo explícito ou implícito entre empresas concorrentes para, principalmente, fixação de preços ou cotas de produção, divisão de clientes e de mercados de atuação ou, por meio da ação coordenada entre os participantes, eliminar a concorrência e aumentar os preços dos produtos, obtendo maiores lucros, em prejuízo do bem-estar do consumidor.”
[Wikipédia]

  Fora isso o melhor a fazer é cada um se planejar e deixar que o Capitalismo escreva certo por linhas que nos parecem tortas, mas se buscamos conhecimento geralmente vemos coisas coerentes.
  Quero dizer que a "mão invisível" é força de expressão, quem quer ver ... vê.

  




.