sábado, 30 de novembro de 2013

Kibutz, Freudianismo e Marxismo

 👩 “No futuro (com o Capitalismo) haverá crescente desinteresse pela atividade agrícola em escala grandiosa.” 
[Nihil]

  Não sei como!
  Por fazermos obviamente parte da Natureza temos uma ligação muito forte.
  Não consigo imaginar boa parte dos humanos deixando de GOSTAR da vida no campo.



  “O último capitalista que penduramos será aquele que nos vendeu a corda.”
[Karl Marx]

  Economicamente se desinteressar pela atividade agrícola ... não tem como.
  No Capitalismo, se o arroz, por exemplo, começar a faltar no mercado seu preço se eleva tornando interessante seu plantio por gerar mais LUCRO.
  Os empreendedores começam a plantar mais arroz.

  Com o avanço da tecnologia agrícola lugares como o cerrado tornaram-se altamente produtivos o que possibilita deixarmos regiões mais agradáveis para morar destinadas a moradias.

  Ecologicamente falando, o grande mal continua sendo a explosão populacional, é absurdo que tanta gente não se dê conta disso.

  O excesso de pessoas sacrifica recursos naturais de todas as maneiras inclusive nos obrigando a construir mais e mais casas.

  Eu que nasci em Campinas fico surpreso com o que leio naqueles letreiros dos ônibus, nomes de bairros que nem imagino onde ficam.
  Com toda certeza uma natureza muito bonita deu lugar a mais um bairro, cheio de humanos e todas nossas necessidades.
  E não há nada o que fazer, enquanto a população estiver aumentando, aumentará o número de bairros.
  Em contrapartida o consumo de alimentos aumenta e sempre haverá pessoas interessadas em enriquecer produzindo comida.

  Eu gosto da participação Nihil aqui no Blog.
  Ela é muito influenciada por Marx e Freud, pensadores os quais eu tenho sérias e irreconciliáveis desavenças.
  A Nihil sendo a porta voz das ideias deles deixa claro nossas diferenças.

  Freud e Marx contaminaram a humanidade com ideias que não resistem a lógica e nem a aplicação pratica.

  Lembremos que Marx foi judeu e os próprios judeus não abraçaram a ideia do Comunismo, testaram na pratica através dos Kibutz e sabemos hoje que os Kibutz são tal quais cooperativas CAPITALISTAS.

"Enquanto que os kibutzim foram durante várias gerações comunidades utópicas, hoje eles são pouco diferentes das empresas capitalistas às quais supostamente seriam alternativa.
  Hoje, em alguns kibutzim há uma comunidade comunitária e são adicionalmente contratados trabalhadores que vivem fora da esfera comunitária e que recebem salários, como em qualquer empresa capitalista."

  Tenho certeza que as questões que a Nihil levanta são as mesmas que passam na cabeça de outros leitores.
  Vez ou outra encontro com conhecidos admiradores de Freud e se limitam a dizer que respeitam minha opinião, mas que não concordam.
  Parecem demonstrar tanto desprezo pelo que escrevo que nem explicam porque não concordam.
  Me acham tão errado que nem querem perder tempo comigo ou acham que estou certo, mas não querem abandonar seus DOGMAS?
  Então agradeço a Nihil por ao menos perder tempo comigo.

  “O problema com o futuro é que ele continua se transformando no presente”.
[William Watterson]

  

                       





.



      

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Sucesso e Sorte

  “A sorte não existe. Aquilo a que chamas sorte é o cuidado com os pormenores.”
 [Winston Churchill]

  Será?

  

  “Ela tem talento pra caramba.
     (Mart'nália, filha de Martinho)
    Mas eu conheço tanta gente que tem talento e não tem sorte…
    Por isso, eu acho que o cara que pensa mesmo em ser artista está ferrado, porque pouca gente consegue fazer sucesso.
  São pouquíssimos os que conseguem fazer uma carreira por muito tempo.
  Igual a mim, é raríssimo.”

  Sou mais Martinho da Vila.
  Na minha vida observei o mesmo que Martinho, foi o que me fez parar de ler livros de autoajuda.
  Não estou falando para evitarem esse tipo de literatura, considero até bastante útil, apenas cheguei à conclusão que para ter sucesso precisamos de SORTE, talento e força de vontade raramente bastam.

  Querer ser musico e nascer filho do Martinho da Vila já é uma sorte.
  Primeiro por ter algum capital para estudar em boas escolas.
  Segundo pelo nome famoso abrir portas/oportunidades.

  Como não escolhemos em qual família nascer acredito que todos concordamos que é uma questão de sorte.

  Se eu nascesse filho de uma escritora famosa de certo minhas oportunidades de entrar no mercado editorial seriam bem maiores.
  Mas não é só isso, “sorte de berço”.
  Tem a “sorte do acaso”.
  Já escrevi milhares de textos alguém influente por acaso poderia gostar do que escrevo e me promover.
  Esse tipo de coisa já aconteceu com várias pessoas.
  Modéstia à parte, já escrevi alguns textos antológicos, textos que ao reler o arquivo eu penso:
   Caraca que coisa maravilhosa!

   Paulo Coelho tem talento para escrever, mas será que ele é tão melhor que eu?

   “Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado, consegue estar certo duas vezes por dia”.
 [Paulo Coelho]

  Alguns colegas já me falaram de como esse pensamento é BONITO.
  A frase tem seu charme, mas filosoficamente é rasa.
  O dia tem 86.400 segundos, estar certo apenas em dois míseros segundos não é algo muito animador.

  Podemos divagar também que mesmo aquela ideia ruim pode ter algo aproveitável.
  Quantas descobertas científicas acorreram por linhas tortas, o objetivo era um e aconteceu outro?

  Porem do jeito que Paulo escreveu fica um incentivo para que nos agarremos as poucas situações em que estamos certos deixando em segundo plano as que somos deficientes.
  Paulo parece tentar elevar a autoestima, mas quem consegue sentir alguma valorização por estar na maior parte do tempo fora da realidade, estar errado!?
  Um relógio quebrado é ... um relógio quebrado, precisa ser consertado.

  Se nos sobrar algum tempo claro que devemos analisar a fundo a proposta daquele colega de trabalho doidão, mas é mais eficiente dedicarmos a maior parte de nosso tempo para aquele colega de trabalho que traz com frequência boas ideias, boas soluções.

    A vida não é exata, seguir a lógica não nos garantirá o sucesso, mas nos trará a EFICIÊNCIA que já é algo fabuloso.

  E o sucesso?
  O sucesso depende da sorte, como conseguir ter sorte é um grande mistério.

  Se esforce para ser eficiente e ... BOA SORTE!

  






.




quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Isonomia Salarial

  “O homem é feito visivelmente para pensar; é toda a sua dignidade e todo o seu mérito; e todo o seu dever é pensar bem.”
  [Blaise Pascal]
​​
  Hoje em dia as pessoas não são mais reconhecidas por ficarem bastante tempo em uma empresa, pelo menos foi o que percebi ao sair de uma a qual fiquei vários anos.

  Antes era considerado um funcionário/pessoa estável.
  Agora é alguém "com pouca iniciativa/acomodado".

  São os modismos que acontecem em qualquer parte, até no RH.

  Quando eu entrevistava candidatos a estabilidade tinha peso significativo pra mim.
  Os serviços em geral apresentam inúmeros detalhes que só o tempo e a experiência podem trazer.
  Com a diversificação dos produtos e serviços hoje mais que nunca cada empresa é um Universo a parte.
  A escola/faculdade boa consegue dar uma noção para seus alunos, mas só o dia a dia dentro da empresa é que fará o indivíduo conseguir uma boa profissionalização.
  Até pouco tempo era comum um funcionário ganhar presentes por tempo de serviço, era comum até bonificação, não, eu não peguei esta época, apenas ouvi histórias de parentes e colegas mais velhos.
  Eu trabalhei anos em uma empresa e só consegui um bom aumento depois de ocupar cargo de chefia e mesmo assim não foi aquelas coisas.

  Esse é um assunto complexo, não estou dizendo que uma pessoa deve ganhar mais só porque é “velha” de empresa, mas se é um bom funcionário naturalmente acumula conhecimento sobre o produto que vende ou fabrica então deveria ter um diferencial salarial.


  O rodízio de funcionários atualmente é muito grande e credito como um dos motivos à falta dessa “diferenciação/reconhecimento”.
  Exemplo:
  O vendedor de eletrônicos está ficando experiente, percebe que está muito mais eficiente que seus companheiros novatos, mas as empresas preferem nivelar todo mundo por baixo, o cara fica desmotivado e prefere forçar a demissão, mudar de ares sacando seu FGTS.
  A culpa não é só das empresas, existe uma complicação jurídica onde dois balconistas realizando o mesmo serviço devem ter isonomia salarial.
  O empresário não pode pagar mais para um funcionário mais experiente e eficiente sem correr o risco de receber um processo daquele que ganha menos.
 
  Se o funcionário que se destaca conseguir chegar a chefia pode ter até um alento, mas como não dá para todos serem chefes esse funcionário antigo e experiente está sem espaço na agenda de nossos departamentos de RH, não ganha nem uma placa de agradecimento, quando muito ganha retrato de funcionário do mês.
  Mas para gente que é pobre o importante mesmo é dinheiro ou algum premio interessante.
  Enfim.
  A loja de eletrônicos podia ter vendedores experientes, conhecedores do produto, mas sem reconhecimento nenhum, nem oportunidade de progresso, vão respirar outros ares... agora ele é inexperiente em outra loja vendendo um outro produto, isso se permaneceu no comércio e não foi para indústria ou serviços.

  Como resolver essa questão? NÃO SEI!
  Ou melhor, eu tenho sugestões, não sei como convencer as pessoas a adota-las.
  Se eu tivesse uma empresa de certo aplicaria uma diferenciação salarial ou alguma premiação interessante.
  As sugestões são até bem simples, o difícil é convencer as empresas, juízes e sindicatos, até os próprios trabalhadores.

    A Empresa deveria ter liberdade para pagar melhor quem faz o serviço com mais eficiência, reconhecer que este funcionário mais experiente deveria ser um modelo a ser perseguido pelos mais novos e dar incentivos para que ele se sinta fazendo parte da empresa e não apenas mais uma peça descartável.

  Já comentei em algum lugar que acho incrível como as Empresas fazem de tudo para conseguir novos clientes e não se preocupam muito em manter os que já tem.
  Para você adquirir a assinatura fazem um monte de promoções, depois só lembram de você se decidir cancelar assinatura pela insatisfação com o serviço prestado...

  Bons funcionários são difíceis de conseguir acho incrível que as empresas não se preocupem em mantê-los!

  De repente chega um diretor e diz:
 “Precisamos de sangue novo!”

  Nisso bons funcionários são colocados na rua e a qualidade dos produtos e serviços cai lá em baixo e só voltam a melhorar quando o “sangue novo” adquiri a experiência dos “sangues velhos” dispensados!

  Eu entendo que “se” é o caso de mudar a “cultura” da empresa ... funcionários antigos são em geral uma pedra no sapato.
  Mas em geral também são trabalhadores dedicados.
  Não gosto quando a “reengenharia” se limita a:
  "Mudar todos esses que estão aí"



  Acredito no diálogo, fazer uma reunião, deixar claro que o objetivo não é demitir, mas que essa é uma grande possibilidade caso o funcionário dificulte a nova direção.

    “O homem é feito visivelmente para pensar; é toda a sua dignidade e todo o seu mérito; e todo o seu dever é pensar bem.”

  Tornar nossas relações de trabalho uma guerra entre patrões e empregados sinaliza que não estamos pensando bem.

  Tenho esperança que isso mude.


Por princípio sou contra a isonomia salarial.
  Não somos iguais nem realizando as mesmas funções.
  Porém entendo a dificuldade em fazer diferenciações salariais para indivíduos que exercem a mesma função.”



.





   

terça-feira, 26 de novembro de 2013

O Que Esperar?

   “Somos responsáveis por aquilo que fazemos, o que não fazemos e o que impedimos de ser feito.”  
  [Albert Camus]


  08/05/2011 -  Por esses dias me perguntaram qual minha expectativa com o governo Dilma? 
  Oras, mediocridade política e administrativa.
  O aumento do fisiologismo, obras inúteis, tráfico de influência, corrupção…
  Se tivermos sorte ela [igual ao Lula] manterá fundamentos econômicos básicos que vem desde a era FHC e nos manteremos como uma potência respeitável; afinal o povo brasileiro não é lá essas coisas, mas não devemos esquecer que outros povos são bem mais estúpidos e ineficientes que nós.
  O povo argentino com seu “peronismo” é uma piada dramática, a Venezuela com seu “bolivarismo” é patética, o Paraguai é uma ZONA de livre comércio.
  Aqueles povos árabes e muçulmanos então nem me fale, os africanos são extremamente auto destrutivos.
  Até países desenvolvidos como USA, Grécia, França parecem ter desaprendido o básico que é não gastar mais do que arrecadam.

 Parece que por alguma interferência de tempos em tempos a humanidade estaciona mentalmente e em algumas regiões até regride.

  Já aprendi que lutar contra as interferências é inútil.
  O único jeito de combate-las [quando nos levam para a ineficiência] é usando a inteligência, mas a mente das pessoas parecem ficar nubladas, dois mais dois passa a dar 3 ou 5, poucos conseguem enxergar o 4.

  O Brasil continuará desperdiçando muita riqueza com a benção do nosso povo, não culpo os políticos por aproveitarem a existência de tantos idiotas.
  Se muitos que estão no Congresso fossem mais honestos com certeza não ficariam tanto tempo no poder.
  Porque nosso povo apoia administrações pouco eficientes e é tão tolerante com desvios de verbas?
  Oras, não pergunte a mim, lembre em quem você votou e se foi um político honesto também não terá resposta, agora se você votou em alguém sabidamente corrupto ou ineficiente eu é que te pergunto, porque fez isso!?
  Desde o início eu não queria que o Serra fosse candidato, mas me parecia menos ruim que a Dilma.
  Dilma fez parte de toda corrupção do governo anterior, se não pecou por ação, pecou por omissão.
  Dilma foi candidata porque outros nomes mais fortes como Dirceu, Palocci ou Genoíno foram pegos com a boca na botija.
  Dilma já está estendendo a força dos Fundo de Pensões sobre empresas privadas lucrativas e acalenta projetos de criação de novas e ineficientes Estatais.
  Espero que Palocci consiga muita influência nesse Governo, ele já provou ser o mais capitalista desse monte de socialistas/comunistas...

[26/11/2013 - Minha esperança não durou muito]

"Palocci caiu de ministério sem explicar patrimônio." (Clique Aqui)


  Quanto a mim, trabalho, tenho saúde, tenho inteligência o suficiente para continuar tendo uma boa vida independente das ações do Governo.

  É triste ver tanta riqueza desperdiçada, mas se a maioria está satisfeita e não se importa, porque eu que tenho uma vida de primeiro mundo morando em uma Cidade importante do mais poderoso Estado da Nação devo me preocupar?

  Eu não posso impedir que nosso povo vote nesse comunismo/socialismo, não posso ser responsabilizado por isso uma vez que sou capitalista e defendo essa ideia.
  Porque o mundo ainda alimenta ideias imbecilizantes?
  Não sei, é uma grande subversão da lógica, parece que estamos sendo manipulados como fantoches.
  Me responsabilizo por conduzir minha família por caminhos lógicos e seguros, infelizmente isto é o máximo que posso fazer.
  Moro em um bairro com ruas largas e arborizadas, água de boa qualidade, é muito raro faltar energia elétrica, tenho acesso a muitos serviços de banda larga, moro perto de shoppings, hospitais, posto de saúde, delegacia de polícia, não tenho conhecimento nem ao menos de uma boca de fumo em meu bairro.
  Tenho vizinhos muito civilizados, casais com poucos filhos e que cuidam muito bem deles.
  Pela vontade da Dilma até uma estação do Trem Bala vai ficar próxima onde moro valorizando ainda mais meu imóvel.
  O resto do povo que se contenta com sua esmola família e um Governo devorador de impostos que EXPLODA!





.


domingo, 24 de novembro de 2013

O Desejo como Prova!?


   “Com um pouco de agilidade mental e algumas leituras de segunda mão, qualquer homem encontra as provas daquilo em que deseja acreditar…”
 [Bertrand Russel]

👩"Você não acredita em Deus?
    Então sinta o vento, olhe o mar, veja a “perfeição” de   
  uma rosa e diga se estas coisas poderiam ter surgido ao  
  acaso."
[Comentarista]

  Porque não poderiam ter surgido ao acaso!?​​
  Os organismos vivos vão se diversificando, não consta que todos estivessem aqui desde o princípio, no passado por exemplo as plantas não tinham flores.
  A rosa é um FRACTAL interessante, mas não sei como encaixa-la no conceito de perfeição.
  A rosa é uma reta perfeita, um círculo perfeito, totalmente autossuficiente, indestrutível, enfim porque a rosa é um exemplo de perfeição!?

  A Terra gira e tem atmosfera o vento é um efeito colateral natural, lógico.

  Quanto ao mar ainda não encontramos no Universo água em estado líquido, mas há muito gelo, a água pode ser “extraterrestre”, porque não?
  Um cometa de gelo se chocou com o planeta quente o resfriando e formando os oceanos.


 “Eles não passam de bolas de gelo que deixam atrás de si um rastro de poeira e gás, mas que fascinam quem os vê rasgando o céu.”

  Saindo do tema religioso...

  Por esses dias li um escritor enaltecendo Marx por ele ser um pensador excepcional, a frente de seu tempo e a “prova” disso é que Marx previu que as maquinas ficariam cada vez mais eficientes.
  Caraca!
  A Revolução industrial ocorreu em 1700, Marx nasceu em 1800 o que foi mesmo que Marx previu se quando ele nasceu as maquinas já ficavam cada dia mais eficientes?

  Não sou o grande “profeta” Marx, mas já me arrisquei em “previsões”.
  Por esses dias escrevi sobre o perigo de dotarmos maquinas com inteligência artificial, elas podem decidir que não temos serventia e nos exterminar.

  Algum ET que viesse a Terra daqui uns 500 anos não encontraria nem sombra de humanoides biológicos, assim como se viessem hoje não encontrariam nenhum dinossauro vivo no planeta.
  Os androides seriam humanoides muito mais poderosos.

  Alguém falaria, você não acredita em Deus?
  Olhe esse androide, como algo tão maravilhoso pode sair do nada!?
  Oras, ele não saiu do nada, foi desenvolvido por seres biológicos que já não existem mais.
  O androide pode se tornar um ser fantástico em tantos sentidos, força, conhecimento, capacidade de raciocínio, durabilidade…
  Podem ser tão eficientes e maravilhosos que seria difícil acreditar que foram desenvolvidos por seres tão frágeis, mortais, com tanta dificuldade de raciocínio lógico.

  Logo, não vejo dificuldade em acreditar que fomos desenvolvidos por um Deus (outras formas de vida mais evoluídas), mas também não tenho dificuldade com o PLANO DE PENSAMENTO em que surgimos ao acaso de mutação em mutação por milhões de anos.
  Até mesmo uma soma das duas coisas é possível, no pensamento 3D um plano não elimina necessariamente o outro.
  O que chamamos de “deuses” foram alienígenas que plantaram a semente da humanidade e o resto ficou por conta das “mutações”.
  
   Minha crença em espíritos (outras formas de vida) não vem de sentir o vento, observar o mar ou admirar uma flor.

  Minha crença vem de observar INTERFERÊNCIAS, acontecimentos que subvertem a LÓGICA.

  Mistérios entre o Céu e a Terra, mistérios no Céu e na Terra.


 “Com um pouco de agilidade mental e algumas leituras em segunda mão, qualquer homem encontra as provas daquilo em que deseja acreditar…”


  Por isso é importante nos atermos as EVIDÊNCIAS e na boa INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS senão o que você pensa que é prova...é apenas “SEU” desejo.



😠 “As PLANTAS sempre tiveram flores, pois isso é o seu sistema reprodutor, se não tivessem flores, com os seus órgãos sexuais masculinos e femininos ou hermafroditas, PURA E SIMPLESMENTE NÃO HAVERIAM PLANTA NENHUMAS!”
[Comentarista na Mewe]

  A primeira planta com sementes provavelmente surgiu cerca de 320 milhões de anos atrás, quando havia animais diversos na terra e no mar, mas ainda não havia dinossauros, mamíferos ou pássaros.
  Os fósseis mais antigos conhecidos de plantas com flores datam de cerca de 140 milhões de anos atrás - durante a era dos dinossauros, que foram extintos há cerca de 66 milhões de anos.
  Desde então, a primeira flor evoluiu para ao menos 300.000 espécies, afirmou a equipe de pesquisa.
  As plantas com flores representam cerca de 90% de todas as plantas na Terra.







sábado, 23 de novembro de 2013

Culpa e Pecado

    “Não há nenhum problema tão terrível ao qual você não pode adicionar um pouco de culpa e fazer ele ficar pior.”
 [William Watterson]

  "O pecado é o que separa as pessoas de Deus, e o salário do pecado é a morte. Eu cometo pecado quando desobedecer a vontade de Deus, e transgredir Suas leis."

 Pecado:
1. Violação de um preceito religioso.
2. Por extensão desobediência a qualquer norma ou preceito; falta, erro.
[Dicionários]

  "Eu" conceituo o pecado como fazer mal/prejudicar outra pessoa.

  Posso pecar contra eu mesmo, me prejudicar seria pecar contra eu mesmo.
  (Abuso de drogas por exemplo.)
  Fora isso, tudo que é escrito sobre o pecado não tem lógica, não faz sentido.
  Já ouvi inúmeras vezes dizerem que pecamos contra Deus!
  Fico tentando imaginar que mal, que sofrimento provocamos em Deus, como teríamos a capacidade de prejudicar um ser ou uma “instituição” tão poderosa.

  Deus de Abraão ficou chateado porque Eva comeu o fruto do conhecimento?
  Mas Eva era uma "criança", um espírito recém criado.
 Deus a deixou em contato direto com Lúcifer um ser muito antigo, de grande conhecimento.
  Seria algo como eu deixar minha filha quando tinha uns 4 anos trancada no apartamento com um pedófilo, eu sabendo que ele é pedófilo.
  Se acontecesse algum mal a mais inocente de tudo seria minha filha e o maior culpado eu mesmo.

  Deus de Abraão poderia evitar o mal, não colocando o fruto proibido no Éden ou não permitindo a entrada da "serpente".
  Deduzimos que o Deus bíblico foi no mínimo conivente, facilitador.

  Perfeito ninguém é, pelo visto nem o Deus Bíblico.
  Mas eu não vejo razão para maioria de nós se sentir tão culpada/pecadora.

  Qual foi a última pessoa que você prejudicou conscientemente?

  Eu nunca matei ou roubei.
  Faço meu trabalho o melhor que consigo.
  Não saio por aí humilhando pessoas.
  Se não posso ajudar não atrapalho.
  Enfim, vivo minha vidinha sem que alguém me diga em que prejudico meu próximo e mesmo o distante. 😄
  Tenho esperança que a maioria dos leitores do Blog possam dizer o mesmo.

  Tome cuidado ao querer assumir a culpa de tudo que acontece de errado no mundo.

  Se quem o criou não se responsabiliza ou é responsabilizado por nada, porque eu e você que nos esforçamos tanto por fazer o certo vamos assinar esse B.O?

  Decifra-me ou te devoro!

  



.



sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vida e Castigo

 “A vida não é um castigo.
  Pelo contrário, a vida humana é o maior bem natural que possuímos.” (Crença da maioria)

   Caim e Abel eram irmãos, na narração bíblica são os primeiros filhos de Adão e Eva.
  Caim matou Abel por achar que Deus de Abraão gostava mais de Abel do que dele.
  “Eu” deduzo que a motivação foi uma mistura de inveja e raiva.
   Inveja de Abel ser o preferido.
   Raiva de Abel ser tão “certinho”.

  Abel era um homem bom, temente a Deus, separava o melhor do seu rebanho para ofertar em sacrifício santo ao Senhor.
  (Em uma atualização ... Abel dava com alegria os 10% da sua renda.)

   Caim ... separava para sacrifício aquela ovelha “meia boca” 😄, aposto que pensava assim:
   “Deus já é dono do universo porque iria querer minha melhor ovelha.”
  “Eu” deduzo que Deus realmente não precisava da ovelha, mas era uma forma de aferir quanto respeito Abel tinha por ele.
  (Em uma atualização ... Caim dava os trocados que sobrava.)

  

 
  Depois da introdução, vamos a provocação dessa meditação...

  Para protestantes e católicos Abel está “dormindo”, aguardando como todos os outros que já morreram, o juízo final.
 
  Deus permitir que Abel fosse assassinado foi um prêmio, castigo, ou acidente!?

  Segundo a Bíblia, sabemos que Caim foi morar em outra “tribo”, a terra de Node.
  Se manteve em liberdade e com saúde, casou teve filhos, morreu de velho e aguarda dormindo o juízo final onde “talvez” vá para o inferno.
  Caso Caim tenha se arrependido de assassinar o irmão, é possível que Deus de Abraão o perdoe.

  As duas perguntas de ouro são:

  A punição de Caim foi continuar encarnado aqui na Terra!?

  O prêmio de Abel foi a morte!?

  Pensem bem, estamos falando do próprio Deus, não é nem de Jesus encarnado que estamos falando.
  Deus poderia ter evitado o assassinato de inúmeras maneiras, tocando o coração de Caim, avisando Abel, lançando um raio na cabeça de Caim, enviando um anjo para proteger Abel…
  Depois que o crime aconteceu Deus poderia ter ressuscitado Abel e lhe permitido uma vida longa e próspera, mas o que Deus fez?

  Abel permaneceu morto e quem teve uma vida longa e próspera foi Caim!

  Se a vida não é um castigo então como explicar a ação de Deus?

  Vamos forçar a barra, Abel foi para o Céu e Deus em seu infinito amor deu uma chance de Caim se arrepender.
  Mas Deus não sabe tudo?
  Se Deus espera uma mudança de Caim então não tem certeza que ela ocorrerá.
  Dante chamava acontecimentos como esse de “Divina Comédia”.

  Deus quer que todos sejam salvos, mas para alguns lança uma corda enorme de oportunidades e para outros a corda é bem curta, impossível de ser alcançada.

  Pela graça sois salvo, Deus “escolhe” quem quer salvar, mas não vamos entrar hoje por esta brecha...

  Hoje eu só quero mostrar que a vida pode ser sim um castigo, esta é uma hipótese que não pode ser descartada, podemos estar em uma espécie de “purgatório, umbral ou inferno ... como queiram.
  Isso explicaria o tanto de injustiça e patetices que acompanhamos no cotidiano e nos jornais.

  Pode também ser uma oportunidade de nos arrependermos, acontece que Caim cometeu um crime e se lembrava bem dele enquanto eu e você não nos lembramos de ter cometido um crime nessa vida, JÁ NASCEMOS COM CULPA.

  E se nunca existiu uma outra vida (reencarnação)estamos aqui para nos arrepender do quê?

  Se morrer é prêmio e viver é punição então estamos sendo punidos por algo que não poderíamos ter feito uma vez que antes de nascer do ventre de nossa mãe não existíamos, segundo o protestantismo/catolicismo.

  Já nascemos com culpa, então somos punidos com a vida, não era melhor que não tivéssemos nascido ou nascidos sem culpa?


“Decifra-me ou te devoro!”




.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Bomba Mental

    O planeta Terra é um tipo de Inferno?
  Só isso explicaria tanta subversão da lógica.

  

  Lembrei agora quando um antigo patrão, na sala de reuniões, me responsabilizou por uma situação a qual modéstia à parte eu havia agido muito bem.

  Algumas funcionárias planejavam cercar na rua uma colega de trabalho para bater, fiquei sabendo por comentários dentro da empresa.
  Me reuni com as funcionárias e avisei que mesmo fora dos portões da empresa eu não poderia admitir tamanha selvageria e que se a agressão se concretizasse ocorreria demissões.
  As intrigas foram resolvidas nessa reunião com as funcionárias e nada de mais grave aconteceu.
  Devido à complexidade da situação era minha obrigação deixar o dono da empresa ciente do ocorrido caso eu precisasse cumprir minha ameaça.

  Para minha surpresa ele veio com aquele discurso dos livros de autoajuda em que esse tipo de falha dos funcionários é reflexo “direto” da falha de liderança da chefia.
  Eu deveria refletir em que estava errando!!

  A postura do dono me pegou totalmente de surpresa, isso raramente é bom, meus filtros do politicamente correto não estão de prontidão e o que sai da minha mente vai direto para as cordas vocais sem cortes.

 - Engraçado o senhor dizer isso, eu evitei uma briga enquanto há uns dois anos atrás duas de suas secretarias saíram no tapa em pleno horário de expediente.

👨 “Mas eu demiti Fulana.”

 - E a recontratou 4 meses depois, a punição dela foi resgatar o FGTS com pagamento de multa e tudo?

👨 “Se eu errei naquela oportunidade não é motivo para você errar agora”.

 - Eu errei em que, o senhor pode me esclarecer?

👨 “Em deixar que o clima ficasse tão tenso a ponto de funcionárias brigarem na rua.”

  Caraca!
  Eu poderia lhe informar que uma ficou com o namorado da outra em um bailão lá no bairro onde elas moravam, algo externo a fábrica, mas queria algo mais forte, algo que atingisse sua mente, ele não estava no seu dia de sorte, pois um pensamento demolidor gritou para sair.
  Ele era um católico fervoroso, eu um pouco asperamente lhe joguei uma bomba mental...

  - O senhor sabia que Deus tomava conta de apenas 4 pessoas e mesmo assim ocorreu um assassinato?
  Se Deus que é Deus falhou em cuidar de apenas 4 pessoas porque eu não posso falhar cuidando de dezenas?

   Fiquei muito calmo, sereno mesmo, foi uma delícia sentir seu cérebro derretendo. 😄

  No entanto confesso que tudo mais sumiu da minha mente, a ignorância do meu patrão, a discussão das meninas.
  Fiquei consumido por esse pensamento o resto do dia, minha mente entrou em uma grande espiral e as meditações que vieram a seguir foram ainda mais demolidoras, a bomba me atingiu também.
  Cheguei a escrever sobre isso no GD Terra e poderia recuperar o arquivo, mas acho que o Blog merece um texto novo a respeito então…

I’ll be back!





.



terça-feira, 19 de novembro de 2013

Dante a D’us

   Navegando pela Internet encontrei essa pagina interessante.

  REENCARNAÇÃO - Argumentos católicos contra os fundamentos do espiritismo.

 1 - “Se a alma humana se reencarna para pagar os pecados cometidos numa vida anterior, deve-se considerar a vida como uma punição, e não um bem em si.
  Ora, se a vida fosse um castigo, ansiaríamos por deixá-la, visto que todo homem quer que seu castigo acabe logo.   
  Ninguém quer ficar em castigo longamente.
  Entretanto, ninguém deseja, em sã consciência, deixar de viver.
  Logo, a vida não é um castigo.
  Pelo contrário, a vida humana é o maior bem natural que possuímos.”

  Gosto dessa comparação entre doutrinas.
  Leia o trecho selecionado com atenção e perceba que de lógico não tem nada.

  “...se a vida fosse um castigo, ansiaríamos por deixá-la, visto que todo homem quer que seu castigo acabe logo.”   
  
  Caraca!
  A pergunta de ouro é:

  O que acontece depois da nossa morte biológica!?

  Só fanáticos doutrinários tem certeza de alguma coisa.
  Não ansiamos pela morte porque não sabemos o que vem depois e "se" vem alguma coisa depois.
  Mesmo assim o grande número de suicídios mostra que muitos humanos preferem se arriscar.
  Além do mais eu não vejo católicos ansiosos para morrer.
  E aqui entramos na dialética.

  “Logo, a vida não é um castigo.
  Pelo contrário, a vida humana é o maior bem natural que possuímos.”

  Então para o católico a vida espiritual é um bem artificial!?
  A vida aqui na Terra (por pior que seja) é melhor do que qualquer coisa no “céu” !?

  Eu até pensei em analisar cada item, mas são 20, iria dar muito trabalho.
  Ao refutar o primeiro todos os outros 19 ficam sem fundamento.
 Quem quiser é só clicar no link:


  Vamos a uma meditação mais profunda, quero compartilhar com vocês uma das possibilidades ... caso sejamos “seres espirituais”.

   


O planeta Terra é um tipo de Inferno.

  Quantos tipos de inferno existem?
  Quem poderia saber?
  Dante teorizava que existia um inferno dividido em 9 camadas.
  Eu teorizo que há mundos infernais e celestiais nos mais diferentes graus.

  Minha aposta é que nos mundos celestiais a “lógica” deve ser predominante e quanto maior a “sabedoria” dos habitantes, mais celestial o planeta é.

  Na Terra eu observo muita subversão da lógica, como na página que visitei.
  Sem o predomínio da lógica a sabedoria fica comprometida.

  Se na vida terrena estamos presos em um Inferno porque não desejamos sair?

  Uma prisão da qual os prisioneiros NÃO desejam escapar é uma prisão espetacularmente eficiente, concorda?
  Um pássaro depois de muito tempo engaiolado mesmo se abrirmos a porta da gaiola ele teme pela sua segurança.
 
  O medo do que vem depois transforma a vida terrena em algo “aceitável”.

  Se existíamos “enquanto consciência individual” antes não sabemos.
  Eu e você já estamos há tanto tempo “presos na carne” que não lembramos de como é ter outro tipo de constituição.
  Se eu morresse hoje e minha consciência começasse a se separar do meu corpo ... a princípio seria assustador.
  O que esperar nessa dimensão nova?
  Estou em um local celestial ou infernal?
  Vou ficar vagando pela Terra?

  E ... talvez sejamos apenas maquinas biológicas com sonhos de grandeza espiritual.
  Surgimos ao acaso do encontro do espermatozoide com o ovulo e nosso futuro é virar carne podre.
  Ninguém tem pressa para ver o desmoronamento do corpo.

  Enfim, podemos estar no Inferno e não desejar sair dele?
  Claro que sim.
  Se “Aqueles que nos Controlam” tem uma inteligência muito superior, essa prisão que nos colocaram é uma obra de arte ... intelectualmente falando.

  Uma MANIPULAÇÃO tão próxima da perfeição que a maioria de nós não acredita que esteja sendo manipulado.

  A doutrina cristã na sua parte que fala do resgate dos pecados pelo sangue de um inocente é uma patetice tão grande que é espantoso que só algumas mentes percebam, é como se algo nublasse a mente das pessoas.

  O Ateísmo é uma grande aberração mental, como é possível que pessoas não percebam tantas “interferências” subvertendo a lógica, como podem atribuir tudo a coincidência ou alucinação coletiva!

  Hinduísmo, Budismo, Islamismo são igualmente contraditórios, não resistem a uma análise minimamente lógica.

  Observo que os Judeus são os mais realistas, eles sabem que existe algum poder externo, observam interferências, mas confessam que não sabem como direciona-la a seu favor, haja visto que D’us da mesma forma que os protegeu algumas vezes foi seu carrasco inúmeras outras vezes.

  JUDEUS CUIDAM DE MELHORAR SUAS VIDAS AQUI NA TERRA e o futuro… a D’us pertence.




   “D-us, ou D'us, é uma das formas utilizadas por alguns judeus de língua portuguesa para se referirem a Deus sem citar seu nome completo, em respeito ao terceiro mandamento recebido por Moisés pelo qual Deus teria ordenado que seu nome não fosse falado em vão.”
 Outra forma utilizada pelos judeus para o mesmo fim é HaShem.
 [Wikipédia]





 .