sábado, 4 de julho de 2015

Bolsa Faculdade para Ricos

  “Fórum das Seis segue atuando para reajustar o percentual do ICMS repassado às universidades paulistas, congelado há quase 20 anos.” [Jornal do Sindicato]

  Essa chamada de notícia como está estruturada passa a pessoa menos esclarecida uma sensação de tragédia.

  [Eu li a matéria e a sensação de tragédia permanece o que me leva a deduzir que a intenção do jornal sindical foi essa mesma.]

Fórum das Seis - Constituído pela Adunesp, Adunicamp, Adusp, Sintunesp, STU e Sintusp.

Adunesp -  Fundada em 1976, a Adunesp Seção Sindical tem como base os docentes e pesquisadores vinculados à Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp.

Adunicamp - Criada em 1977, atua como um Sindicato dos funcionários da Unicamp.

Adusp - Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo, foi fundada em outubro de 1976.  Articula-se com o movimento social organizado em defesa dos direitos trabalhistas juntamente com a Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes, hoje sindicato nacional), que nasceu da aglutinação de diversas associações de docentes criadas nos anos 1970.

Sintunesp – Sindicato dos trabalhadores da UNESP.

STU – Sindicato dos trabalhadores da UNICAMP

Sintusp – Sindicato dos trabalhadores da USP

  Se você pesquisar na Internet verá que são basicamente entidades ligadas a ideologia Marxista onde o Estado deve ser provedor de tudo, o famoso Estado Paizão do qual falo tanto.
  A Universidade deve ser gratuita para todos porque a educação é DEVER do Estado.
  Moradia, saúde, segurança, alimentação...tudo é dever do Estado ao indivíduo só cabe nascer e EXIGIR.
  Socialistas não tem nenhuma preocupação de onde virá o dinheiro, essa é uma preocupação do infame Capitalismo.
  Não parece nossos filhos sem noção?

  Minha filha traçou planos para um intercambio no exterior.
  Observei toda empolgação dela, mas sinceramente pensei que fosse algum jogo na Internet ou que ela estivesse estudando para concorrer a uma bolsa de estudo.
  Olhem o que veio a seguir.

  “Pai já decidi o colégio que vou estudar, fica na Inglaterra, custa só 17 mil.”

  Caraca! Não sei de onde minha filha tirou que eu tenho 17 mil para bancar o estudo dela no exterior.
  Eu vou mandar uma garota de 14 anos para Inglaterra, pagar anualmente uma fortuna [em relação aos meus rendimentos] para ela fazer o 2º Grau, não estamos falando nem de ensino superior.
  Claro que sei que isso pode ser maravilhoso para o futuro profissional da minha filha, faria com gosto, lhe providenciaria boas acomodações, visitaria pelo menos 1 vez por mês para verificar como estão as coisas... só tem um pequeno detalhe FALTA DINHEIRO.

  Eu, minha esposa e minha outra filha também temos direito a alguma vida.

  Você que tem filho sabe o que estou falando.
  Minha filha ficou super chateada, como se eu não pagasse sua estadia na Inglaterra por falta de vontade.
  Ela me disse que eu poderia ficar tranquilo que um dia ela iria me pagar tudo de volta...HAHAHAHAHAHAAHAHAH!
  Tudo é tão fácil.
   Minha filha vai para Inglaterra tudo dá absolutamente e maravilhosamente certo, ela fica rica e quem sabe famosa e me reembolsa tudo que eu gastei com ela.
  Minha filha tem mais futuro como líder sindical, exigir o máximo do Estado/Pai e prometer “algum” dia, dar “algum” retorno.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   “Repasse percentual as universidades paulistas congelado há quase 20 anos.”

  O leitor/eleitor pensa: “que sacanagem, que absurdo, maldito Governo, maldito Governador.”

  A eficiência manipuladora dessa notícia/informação dada pelo sindicato é que não tem mentira nela.
  Então o que leva o leitor a essa emoção negativa além do que seria aceitável?
  Vamos meditar sobre esse enigma.
  O conceito de porcentagem não é bem dominado por todos então o cérebro ignora.
  Na mente do cidadão fica:

  REPASSE A UNIVERSIDADES CONGELADO HÁ QUASE 20 ANOS.

  Como eu conheço bem porcentagem minha análise dessa notícia não provoca nenhuma emoção.
  Porcentagem "congelada" não tem nada a ver com verbas ou repasses congelados.
  Na igreja a porcentagem da sua oferta está congelada há séculos um dízimo é o mesmo que 10%  
  Seu salário sobe a quantidade de dinheiro entregue a igreja sobe.
  Vamos supor que a igreja decida cobrar 11%. ... se você concordar tudo bem.

  O quantidade de recursos que nós enquanto sociedade decidimos repassar as universidades é de 9,5% da arrecadação do ICMS, quase um dizimo entregue as Universidades.
  As universidades tem que se adequar ao que estamos dispostos a ceder do dinheiro dos impostos a elas.
  Em 20 anos a arrecadação do ICMS aumentou e as Universidades receberam a parte que lhes cabe.
  SE INSISTEM EM GASTAR MAIS DO QUE RECEBEM...há uma grande falha administrativa.

  Entenda que cada aluno da USP tem um custo e quem paga essa conta é também você que não fez faculdade e não tem no momento nenhum filho matriculado em universidade pública.

  Eu por exemplo tinha que trabalhar de manhã, a faculdade que eu pude frequentar foi a PUC e pagava uma mensalidade bem alta.
  O aluno da Unicamp ou USP ficaram com parte dos impostos que eu pagava.
  É o dinheiro de TODOS pagando o estudo de poucos e muitos desses poucos nem precisam dessa BOLSA FACULDADE.

  Os sindicatos querem obrigar a todos nós a pagarmos mais, você concorda com isso?

   Porque o sindicato não coloca na pauta que os alunos que podem pagar PAGUEM?
  [A ideologia Socialista prega que a Universidade dever ser gratuita para todos independentemente da situação financeira, é dever do Estado e não se fala mais nisso]

   Porque as universidades brasileiras não fazem parcerias com a iniciativa privada onde possam ganhar algum dinheiro como tantas universidades pelo mundo fazem?
  [No Socialismo empresa privada é abominação, algo que espalha sujeira por onde passa e nossas Universidades não podem ser contaminadas, “educação não é mercadoria” ...não sei porque professores cobram para ensinar!]

  “Na UNICAMP em 2006, a gestão do reitor José Tadeu Jorge enfrentou críticas por parte de segmentos expressivos dos movimentos estudantis e de funcionários, os quais criticam as parcerias feitas entre a Universidade e órgãos privados.
  Segundo eles, essas parcerias gradualmente afastariam a Unicamp de suas funções como universidade pública, tornando-a um instrumento que atendesse as necessidades do mercado.
   A reitoria afirma que essas parcerias são necessárias para aumentar os investimentos, uma vez que as verbas públicas não atendem suficientemente seus objetivos; e aproximar a Unicamp da sociedade, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.” [Wikipédia]

  Precisa dizer mais alguma coisa?
 Nós formamos universitários que tem horror ao Mercado, horror ao Capitalismo.
  Se a Nestlé propor uma parceria com a área de nutrição da Unicamp tem pouquíssimas chances de dar certo a não ser que a Nestlé coloque dinheiro na Universidade a fundo perdido, sem esperar absolutamente nada em troca, nem uma faixa de agradecimento... isso seria propaganda da “nojenta” empresa privada.
  Se a Bosch quiser tocar um projeto rentável com os alunos de engenharia, não pode.
  Qualquer coisa que almeje algum LUCRO contamina a Universidade com asquerosos pensamentos Liberais.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Por esses dias li um post convidando pessoas a fazer pós graduação em “administração” na USP...HAHAHAHAHAHAHAHA!

  “Um comunicado divulgado pelo reitor Marco Antonio Zago para os professores da Universidade de São Paulo expõe o complicado momento financeiro que a instituição vive nos últimos anos. Seguindo o ritmo do aumento da dívida, a faculdade deverá fechar o ano de 2014 com um déficit de R$ 1 bilhão. O excesso na contratação de funcionários, reestruturação de carreira e aumento com benefícios são apontados como os grandes vilões da USP.”   [Yahoo]

  Quais seriam os tópicos?
  Como produzir pouco e sugar o máximo da sociedade?
  Como ajudar os ricos a estudar de graça?
  Como ignorar as leis de Mercado e tentar implantar o Socialismo?

   Tô fora, melhor fazer um curso a distância em Harvard aprendemos muito mais e ainda melhoramos nosso inglês.
  Eu propus um curso a distância para minha filha, mas ela quer mais é viajar, está certa ela eu é que não tenho dinheiro.

  Você admira esses sindicatos Comunistas e quer pagar as universidades mais que 9,5% do ICMS?
   Está ciente que esse aumento não vai sair do bolso do Governador e de nenhum deputado Estadual VAI SAIR DO SEU BOLSO?
  Está ciente que a Universidade vai gerar só mais um comunistinha anti Mercado?
  Mesmo assim apoia o Fórum das Seis!

  É lamentável, você vai me f#der por tabela.
  Vou fazer de tudo para minha filha entrar em uma Universidade Estadual ou Federal, se lucro eu não vou ter, só me resta diminuir o prejuízo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  VOCÊ ACHA CERTO “BOLSA ESCOLA PARA RICOS?”
  ESSE É UM BOM USO DO DINHEIRO DOS IMPOSTOS?

   O que você acha de uma família com renda de 10 mil, que só tenha dois filhos e um deles estuda de graça na USP ou UNICAMP?
 Essa bolsa escola para “ricos” é uma “justa contrapartida” para retorno dos impostos?

  [Estou usando a palavra “ricos”, mas claro que é um exagero, a questão aqui é se a família pode pagar alguma coisa ou não pode pagar nada.]

  Vejam bem que esquerdista falam mal dos ricos, mas se recusam a falar de privilégios injustos dado a eles.
  Preferem promover uma luta de classes.

  Porque os estudantes da USP acham justo Universidade gratuita mesmo para quem pode pagar?

   “Levantamento feito pelo G1 com dados divulgados nesta quarta-feira (3) pela Fuvest comparou o perfil dos calouros da USP de acordo com questionário respondido por todos os candidatos no momento da inscrição no vestibular.
O curso de psicologia tem 31,4% de seus calouros de famílias com renda superior a R$ 10,9 mil mensais. O índice é de 30% na engenharia civil de São Carlos, 25% da medicina de Ribeirão Preto e 20% no curso de audiovisual.
  Nelas, há também um número menor de candidatos de baixa renda. Enquanto na universidade, 19,9% dos ingressantes têm renda familiar de até 3 salários-mínimos. Entre os mais desejados, o maior percentual de alunos nessa faixa de renda entrou em jornalismo (16,6%). Na engenharia civil de São Carlos, 5% dos calouros são de família com rendimento de até R$ 2.172.
  Dos 300 calouros de medicina em São Paulo, apenas 6,4% eram de família com renda familiar de até três salários-mínimos.” [G1]

  Na minha opinião no ato da inscrição os dados econômicos da família do aluno deveriam ser considerados.
  Rendimento do pai, da mãe e do próprio aluno caso ele trabalhe.
  Seria desenvolvida uma tabela com 5 estágios de cobrança de acordo com a situação econômica.
  Iria da isenção até o pagamento integral.
  E nada de cotas, estamos em 2015, quem quer estudar estuda.
  O tempo que o pobre fica desperdiçando com piadas e pornografia na Internet que use para fazer simulados, participar de vídeo aulas, montar grupos de estudo...

  Se os sindicatos se preocupam tanto com a “discriminação” dos negros porque não disponibilizam cursos preparatórios para vestibular onde branco não entra.
   Se fosse um curso só para brancos seria racismo, mas salas de reforço só para negros acho que legalmente não teria problema, porque os negros não se organizam nesse sentido, um dando força ao outro.
  Todas essas entidades e ONGs que se preocupam com a educação poderiam criar espaços que atendessem os mais pobres.
  Aulas de reforço para alunos de baixa renda independentemente de cor da pele.
  O que vejo é tenebroso.
  Se a criança ou adolescente não vai bem em uma prova de matemática deveríamos tentar educar melhor a criança, mas preferimos diminuir a qualidade da prova!!!

  NÃO! Não estou falando para esquecermos do Governo, estou falando para não pensarmos em Governo, esperar que um Prefeito, Governador ou Presidente resolva magicamente todos os nossos problemas.



  Enquanto boa parte da população brasileira insistir em ser “criança sem noção” nosso país vai permanecer deitado em berço esplêndido. 



Berry Gordy, para esse eu tiro o chapéu.

 Lembrei agora da Motown, todo mundo dizia que não havia mercado para a música negra, mas o iluminado Berry Gordy reuniu alguns bons artistas e a arte floresceu de maneira espetacular. [Mercado Saturado]

  Respeitando as leis de Mercado todos podemos progredir/evoluir.
  Barry Gordy reuniu negros para juntos melhorarem de classe, respeitando as regras do jogo e não acabando com o jogo.


  Bom mesmo é o respeito que CONQUISTAMOS.







Anterior          <>        Próximo