sábado, 19 de dezembro de 2015

Manifestações

  “As manifestações coerentes surgem da indignação, quando a massa tem a percepção que está ocorrendo ou ocorrerá uma grande injustiça.” [William Robson]

   “A PM informou que a manifestação reuniu 30 mil pessoas.
  Já segundo o Datafolha, o ato na Paulista reuniu 40.300.
  De qualquer modo, é o número mais baixo nas manifestações deste ano: em março foram 210 mil; em abril, 100 mil; e em agosto, 135 mil.
  Em relação à primeira manifestação, o público de ontem teve uma queda de 80% pelo menos.”

  O que faz uma grande quantidade de pessoas sair nas ruas em protestos é um mistério.

  Não só aqui no Brasil, mas no mundo.
  Por vezes acontece algo gravíssimo e a massa permanece apática.
  Outras vezes um relevante, mas pequeno acontecimento vira uma bola de neve arrastando multidões.

  Eu até agora não entendi pela lógica as manifestações de 2013.

  Por causa de um necessário aumento de 20 centavos na passagem de ônibus houve todo aquele tumulto.
  A princípio eu pensei que o aumento da passagem tinha sido apenas a gota d’água para insatisfações bem maiores, mas era só isso mesmo, as pessoas apenas queriam que o dinheiro dos impostos subsidiassem ainda mais as passagens de ônibus.
  Não havia nenhuma insatisfação com o governo ou toda corrupção que estava sendo descoberta, tanto que Dilma ficou na frente da corrida presidencial a maior parte do tempo e a possibilidade dela ganhar no primeiro turno era grande.

  Recentemente mais de cem escolas de SP foram ocupadas de uma maneira surpreendente uma vez que o projeto apresentado pelo Governo é muito bom.
  Claro que sempre cabe algum ajuste, mas o projeto no geral melhora muito a eficiência da locação de recursos quanto a utilização dos prédios escolares e distribuição de funcionários.

  “Geraldo faz bem em adiar o projeto sobre melhora da Educação

   TEMOS QUE NOS CONCENTRAR NO IMPEACHMENT.

  Essa garotada não merece o sacrifico político de tornar a escola mais eficiente.

  Paulo Renato sofreu a mesma intolerância.

  O projeto de Geraldo é muito bom otimiza a utilização dos prédios e funcionários.
  Aqui em Campinas isso já acontece.
  Confesso que como tenho duas filhas os horários não coincidiram e eu e minha esposa tínhamos que nos revezar para busca-las, mas as escolas ficaram muito melhores organizadas por faixa etária.
  Exemplo:
  Minha filha Alexia estudou no Geny Rodrigues no primeiro ciclo, depois foi para o Matosinho e agora vai para o Vitor Meirelles.
  Cada uma dessas escolas tem a divisão por ciclos.

  Paulo Renato promoveu introduziu conceitos que permitiram e permitem avaliar nossa qualidade de ensino:

  “Mais tarde como Ministro da Educação – MEC durante oito anos atuou de forma veemente para uma melhor estruturação do MEC. Programas como o Bolsa Escola, a criação do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM possibilitaram criar condições que hoje permitem muitos jovens ingressar nas Universidades públicas ou mesmo privadas com bolsas parciais e integrais.”

 Mas esse texto não é para analisar o mistério de certas manifestações.
  Vamos meditar sobre as manifestações que nos parecem coerentes/lógicas.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  As manifestações coerentes surgem da indignação, quando a massa tem a percepção que está ocorrendo ou ocorrerá uma grande injustiça.

  Imagine a cena.
  Um motorista perde o controle do carro e atropela pessoas em um ponto de ônibus.
 
a) Ele estava embriagado, isso causa grande indignação, se ele for filho de alguém importante e temos a percepção que sairá da situação impune isso causa grande revolta que pode ser o estopim de uma grande manifestação.

b) Tudo muda de figura se o motorista teve um mal súbito como enfarto ou AVC.
  Não foi intencional, embora seja o mesmo acidente ocorre uma desolação, vamos nos manifestar contra o que?
  Contra o mal súbito do cidadão!

c) Em uma última situação o motorista estava bêbado, a polícia chegou rápido o prendeu em flagrante e sabemos que a pena será dura, se o cidadão tem dinheiro pagará pesadas indenizações.
  Não há motivo para manifestação.

  A meu ver situação “c” é a que ocorre atualmente no Brasil, mas a qualquer momento pode mudar para “a”.
  A situação “b” seria o caso de estarmos sofrendo principalmente por problemas externos o que não é o caso.

  A maioria que está a favor do Impedimento tem mais bom senso.

  Entende que os crimes foram cometidos, mas que as instituições estão funcionando, punindo os indivíduos os quais é conseguido provas.
  O que me faria sair na rua?
  Seria perceber grandes injustiças e impunidade.
  Verificar um aparelhamento do STF ou um isolamento de Sérgio Moro prejudicando a operação Lava Jato.
 
  Eu acho que Lula está envolvido até o pescoço, não daria para um esquema desse tamanho funcionar sem seu conhecimento e aval.
  Lula e PT se fundem na história, são unha e carne.
  A Dilma pode até ser uma “anta”, o dinheiro chegava para sua campanha e ela nem queria saber de onde veio.
  Dilma nem filiada ao PT era.
  Perceba que Dilma é só mais uma “laranja” de Lula, uma pessoa com capacidade limitada, mais fácil de ser manipulada.

  Já foi apurado que Lula foi beneficiado generosamente por palestras e reformas em imóveis.
  Pelo menos dois filhos e um sobrinho tiveram um progresso econômico que desafia qualquer explicação lógica que não envolva maracutaia.

 De qualquer forma, por enquanto o Brasil aos trancos e barrancos está fazendo o que institucionalmente espera-se.
  Estamos acompanhando investigações muito bem conduzidas, envolvidos estão sendo presos.
  Nós pessoas de bom senso não temos o porquê de parar o país piorando ainda mais o quadro que já é difícil.
  Vamos seguindo democraticamente nosso caminho e torcer para que tudo acabe bem.
  Algumas leis tem que mudar, nosso sistema eleitoral tem que passar por correções mas agora não é a hora de fazer isso.
  Vamos pacificamente levando esse processo de impedimento adiante e respeitemos o resultado.
  Se Temer assumir tentamos dar uma partida para tempos mais eficientes já em 2017.
  Senão vamos nos arrastando até 2018 com a Dilma para tentar iniciar alguma mudança em 2019.
  Há em andamento um processo para cassação da chapa Dilma/Temer, embora tudo possa acontecer essa é a situação que menos aposto.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Ouço as pessoas querendo que todos vão para rua.

  Estamos avançados tecnologicamente
  As “ruas” são a INTERNET, é aqui que nos manifestamos.
  Não vejo muito sentido em bloquear a avenida Francisco Glicério aqui em Campinas atrapalhando a vida de milhares de cidadãos, achando que isso vai sensibilizar Eduardo Cunha ou Dilma os fazendo renunciar.

  Qual o objetivo de fechar a Paulista?
  Aparecer na TV!
  Aqui na Internet podemos denunciar as mentiras ditas por qualquer um não só por fanáticos esquerdistas.
  Eu vi um post onde Lula dizia que iria ser presidente em 2018 mesmo que Jesus voltasse.
  É uma farsa, nenhum político em um país cristão diria isso, Lula não seria tão idiota.
  Solicitei a fonte e como sempre acontece nesses casos não apareceu.

  Quando combatemos idiotas devemos tomar cuidado para não nos tornarmos idiotas também.

  Mentiras devem ser combatidas com fatos e não mais mentiras.

  Fora esse debate aberto na Internet é votar melhor, 2016 tem eleições.
  Por favor, quem gosta de se manifestar nas ruas faça isso (dentro da lei).

   Minha manifestação é perseguir a verdade usando as redes sociais.

  Apesar de ainda ter muitos militantes petistas, as “ruas” e “Redes Sociais” querem o impedimento.





 Tive debates interessantes que tem muito a ver com esse texto, fiz alguns complementos:

“E aí coxinha? Curtiu a decisão do supremo de acabar com o golpe??” [Nestor Bouhoris Neto no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬
1 -  O STF decidiu que toda votação deve ser aberta, chega de voto secreto, eu acho isso muito bom.
  Vamos ver se com o voto aberto o Governo tem mais força.
  Eu sempre quis que toda votação fosse aberta, como eleitor eu tenho o direito de saber em quem ou no que o político está votando.
  O voto do eleitor deve ser secreto, mas do representante eleito não.
  Como vou saber se o político está me representando se não sei no que ele está votando?
  Sou a favor do trabalho com carteira assinada a partir de 14 anos (por exemplo) quero votar em políticos que apoiem essa ideia e na hora da votação realmente me representem.

2 – O processo de Impedimento será atrasado, não dá tempo para fazer mais nada esse ano.
  Para a oposição me parece bom, nada indica que a situação econômica vai melhorar o tempo está a nosso favor.
  Toda maquiagem e malabarismo econômico feitos a partir de 2012 com o intuito de ludibriar a população teve seu ápice em 2014.
  Gastaram tudo que podiam e não podiam, por isso a fraude fiscal.
  Quanto mais o tempo passa mais a máscara do populismo cai e as maracutaias vem a tona.

3 – O Senado realmente não pode ficar apenas como um carimbador da decisão dos deputados.
  Eu apenas acho que se tiver um impasse entre as duas casas a decisão deve ser no plenário da câmara dos deputados que tem muito mais representantes.

4 -  Quanto a Renan, se ele for individualmente contra uma vontade generalizada da população seu risco político é enorme sem contar que ele é um dos investigados na Lava Jato.
  Um estopim para mobilizar grandes manifestações seria Renan agir como cúmplice do Governo nessa maracutaia toda que tomamos conhecimento.
  Bilhões em desvios e nossa Presidenta não viu nada, não sabia de nada ... como alguém assim pode permanecer presidente!?

►“Concordo com quase tudo, com ressalvas apenas ao ponto 3, porém o que houve ontem foi gravíssimo!
  A corte mais alta do poder judiciário, que deveria ser a última linha de defesa da nossa Constituição, decidiu por afrontar descaradamente a letra da lei constitucional.” [Thiago no Face]
▬▬▬▬▬▬
  Acredito que isso ocorreu devido o problema Eduardo Cunha.
  É uma situação excepcional.
  INFELIZMENTE o Presidente de Senado é Renan.
  A corte teve que escolher entre dois males o menor.
  Ninguém mais do que eu gostaria que fosse diferente, que tivéssemos um presidente da câmara integro e honesto, mas para sorte do PT temos um Eduardo Cunha.
  Se serve de consolo as coisas poderiam ser pior.
  Quem concorreu à presidência contra Eduardo foi o petista Arlindo Chinaglia, daí que não sairia nada mesmo.

►“Fiz uma comparação entre as constituições do Brasil, EUA, Alemanha, Austrália.
  Entendo porque esses países, exceto o Brasil são países sérios, que se desenvolvem.
  Uma covardia comparar com nosso país. Nossa constituição não tem pé nem cabeça.” [Rubens Garcia no G+]
▬▬▬▬▬
 Foi uma Constituição feita por esquerdistas, não dava para esperar grande coisa.
  Sem dúvida deveria passar por uma grande revisão, mas primeiro nosso povo precisa aprender a votar melhor, isso leva tempo
  Revisar a Constituição com o tipo de Congresso que elegemos, não acho apropriado.
  O jeito é ir se virando com o que temos até que evoluamos como INDIVÍDUOS.

  Lembrei desse texto:

  Se o IDH da Argentina é bem melhor que o do Brasil ajudou bastante os militares deles terem matado muito mais comunistas...HAHAHAHAHAHAAHAHH!

  Provocativo em?

  Claro que não estou defendendo atrocidades, ainda bem que elas não aconteceram no Brasil, mas sem dúvida nenhuma se não tivéssemos tantos esquerdistas na formulação da constituição de 1988, possivelmente teríamos uma carta magna mais eficiente e menos populista.

  Estimasse que os mortos na Ditadura militar no Brasil cheguem a 500.

  Na Argentina estima-se que passou dos 30 mil. 

Anterior          <>        Próximo 
Postar um comentário