sábado, 27 de agosto de 2016

Jesus e o Comunismo

  Uma coisa que tem me incomodado ler e ouvir é que Jesus foi o primeiro Comunista.

  Eu nem levava a sério, são ilações tão grotescas.
  Porque isso não me incomodava e passou a incomodar?

  Noto que o pensamento de Direita avançou bastante no Brasil e a Direita é unha e carne com o Capitalismo.
  Malandramente, com essa história que Jesus foi o primeiro Comunista a Esquerda dá um ar de sagrado as teorias de Marx.

  Se a Esquerda é de Deus a Direita só pode ser coisa do demo!

  Sei, sei isso é risível para quem conhece história, mas quem conhece história?

  Eu sei que historicamente comunistas perseguiam religiões.
  Marx dizia que religião é o ópio do povo.
  O ateísmo e o comunismo sempre foram muito ligados no combate as religiões.

  Entretanto o cidadão que não se interessa por história começa a ler e ouvir que Jesus foi o primeiro comunista e pode virar um idiota útil.
  Qual o argumento da Esquerda?

    ✞  Jesus pregava dividir tudo com os pobres.
  ☭ O Comunismo prega dividir tudo com todos.

  Isso é suficiente para filiarem Jesus ao PC do B!? 😂

  Então Buda foi o fundador do Comunismo porque nasceu 500 anos antes de Cristo e pregava o desapego da matéria.
  Se você por situação ou opção vive com apenas o básico para sobrevivência … vive na pobreza.

   E aqui começa as comparações.
   Eu já li muito sobre Comunismo, Marxismo, Socialismo; não tem nessas ideologias nenhuma ode à pobreza.
  Pelo contrário, há uma promessa de boa qualidade de vida para todos.
  E o que falar da caridade?
  É alguma característica básica da ideologia comunista?
  NÃO.
  O incentivo à caridade é característica da maioria das religiões, mas eu desconheço que isso tenha algum capítulo especial no Livro Capital de Marx ou fazia parte dos discursos de Lenin ou Stalin.
  Não, não estou falando que comunistas são contra a caridade apenas não é alguma espinha dorsal dessa ideologia como é na ideologia de Jesus.

  Logo, considerar Jesus um comunista porque pregava dividir o pão é forçar a barra demais.

  O que Jesus falava sobre o papel do estado na economia?
  Nada.
  Temos aquela famosa frase:

  “Dai a César o que é de César.”

  Referente aos impostos devidos a Roma, fora isso não me lembro de mais nada.
  Qual a opinião de Jesus sobre meios de produção?
  Não sei.

  Qual a opinião de Jesus sobre o conceito de propriedade?
  Ele dizia que o reino dele não era aqui e que seu Pai tem várias moradas.
  Não dá para deduzir muita coisa.
  Como ele defendia o desapego material acredito que não ter imóveis fazia parte do pacote.
  Isso implicaria em vivermos nômades como os ciganos e tribos indígenas.

  Mas se você realmente acredita que Jesus pregava o puro comunismo tudo está muito fácil para você.
  Jesus nunca reclamou da política ou contestou o poder de Roma.
  Então esqueça debates ou posições políticas simplesmente pague seus impostos, dê a César o que é de César.
  Se bem que você nem terá impostos para pagar.
  Doando tudo aos pobres você vai pagar o quê a algum governo!?

  Enfim Jesus pregava a caridade, o desapego a bens materiais, o não envolvimento em questões políticas.

  Se os Comunistas vão se converter integralmente ao cristianismo … é uma boa notícia.
  O problema é os cristãos se converterem ao comunismo...

  “A Teologia da Libertação foi uma tentativa de parte da Igreja Católica em se adaptar ao novo mundo que surgia.
  Na década de 70, parecia que o mundo caminhava para o Comunismo.
  Acontece que o Comunismo na década de 80 foi se mostrando uma grande furada e a “TL” seguiu pelo mesmo caminho.

  O Vaticano foi rápido em desfazer o mal-entendido, mas esse tipo de ideologia é difícil de ser eliminada totalmente, idéias são vírus poderosos.” [Repense]


Fidel ... mais um comunista:

  "Ninguém em Cuba sonha em ter uma reserva de caça pessoal, mais de 20 residências que eu pessoalmente conheci e uma ilha privada, Cayo Piedra (ao sul da Baía dos Porcos), que conta com um restaurante flutuante e um aquário de golfinhos, aonde Fidel levava sua família e seus amigos mais próximos.
  Ao contrário do que dizem, Fidel nunca renunciou às comodidades capitalistas ou escolheu viver na austeridade.
  Seu estilo de vida é de um capitalista sem nenhum tipo de limite".


Anterior          COMENTAR        Próximo 



Postar um comentário