sábado, 9 de janeiro de 2016

Sonho Lindo

  "O amor não é um deus, nem um mortal, e sim um grande demônio."
[Sócrates]

             Sonho lindo que se foi, esperança que esqueci
             Foi por medo de perder que eu perdi
             Tanto eu tinha pra dizer, tanta coisa eu calei
             Foi por medo de sofrer, que eu sofri
             Foi pensando em me guardar e querendo não querer
             Me dizendo pra esquecer
             Foi pensando só em mim
             Que eu pensei só em você
             Foi tentando me afastar
             Foi negando o meu amor
             Foi por não querer amar
             Que eu amei você. ♫♫♫♫

  Essa música do Roberto é muito bonita.
  Já notaram como essas músicas românticas são extremamente tristes?

  O amor é um sentimento triste não entendo porque tantos querem em sua vida.

  Gosto da letra dessa música justamente porque ela fala dessa sabia luta em não querer amar.
  Meu primeiro contato com esse sentimento lá pelos 11 anos foi assustador, como eu podia ficar o dia todo pensando em uma única pessoa!!
  Mais parecia uma doença.

  Meu jeito um pouco frio de ser deve influenciar pelo menos um pouco minhas filhas e eu acho isso excelente.
  Não quero que minhas filhas sejam muito carentes com uma necessidade desmedida de amarem ou ser amadas.

  Estava trabalhando e ouvi um choro desesperado, em hospital isso não é raro acontecer principalmente quando algum paciente vem a óbito, mas não era esse o caso.
  Uma funcionária chorava descontroladamente ao telefone.
  Pelo que deu para entender ela de alguma forma ouviu uma conversa inconveniente do seu companheiro com outra mulher.
  Ela falava: acabou, acabou...”

  Pela minha experiência, apenas essa cena me possibilita fazer projeções bem aproximadas do que irá acontecer.
  Esse relacionamento só vai terminar se ELE quiser.
  Como o rapaz ligou de volta tentando acalma-la aposto que o relacionamento vai continuar mesmo que seja aos trancos e barrancos.
  Eu estava há uns 20 metros de distância e quando ela desligou o telefone continuei a ouvir seu choro recheado de soluços.
  Foi impossível não captar uma dor insuportável.
  Foi impossível não captar um amor imenso.

  Ela pertencia a aquele homem e mesmo que ele tivesse feito algo muito grave pior seria ficar sem ele.

  Quando ele ligou de volta foi como colocar um balsamo em uma ferida muito dolorida, deu para sentir o alivio no ar, não me peça para explicar, eu não consigo, fiquei alegre por aquela desconhecida.

  A parte mais horrível do amor é essa dependência absurda de outra pessoa.

  Não quero isso para minhas filhas.
  Espero que elas se apaixonem, tenham um ciclo de vida normal, mas que o amor não as atinja com a intensidade que atinge tantas pessoas.
  Dizem que o uso intenso da tecnologia está reduzindo a emocionalidade das pessoas, espero que sim, espero que sim... prefiro ver minhas filhas na Internet que se descabelando por algum homem.

  Sei que o amor preenche nossas vidas de uma maneira espetacular quando é correspondido, mas mesmo nessa situação provoca sofrimento, ciúmes, incertezas, medo de deixar de ser correspondido...
  O amor que dá certo tem como desfecho o casamento concordam?
  No entanto o casamento não é exatamente aquela situação de “viveram felizes para sempre.”
  Muitos casamentos acabam bem mal, um tem quase ódio do outro.
  Ouço alguns homens falarem de suas ex esposas e “satanás/capeta/bruxa/biscate” são as palavras mais empregadas.

  Amor é igual dengue se acontecer a gente trata/se adapta, mas correr atrás é para ingênuos.

  A comparação não ficou clara?
  Quando você pega dengue consegue alguns dias de licença do trabalho, licença do trabalho é algo muito bom.
  Tem gente que ingenuamente quer pegar dengue por conta dessa licença, mas quando sofre os sintomas da doença tem a certeza que estaria mais feliz se estivesse trabalhando.

  O amor preenche nossa vida de maneira espetacular e muitos querem ingenuamente ter esse deleite tão exaltado em prosa e verso, mas quando aparecem os sintomas ...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quando escrevo essas coisas as pessoas imaginam que eu tenha algum trauma amoroso, mas lhes garanto que não.

  Eu apenas observo e sinto o que acontece a minha volta.
  Aqui tem um paralelo interessante:

  Muitas pessoas que alcançam sucesso na vida publicam livros com suas fórmulas para o sucesso.

 Elas acreditam que o que deu certo para elas pode dar certo com qualquer um e isso não é observável.
  O Roberto Carlos tem uma inegável carreira de sucesso é um homem bem rico, sua fórmula para novos cantores é dedicação e persistência.
  Se você frequentar barzinhos com música ao vivo verá inúmeros artistas que perseguiram o sonho de ser um cantor famoso e arriscaram muitas coisas, no entanto o sucesso não aconteceu.
  Será que Roberto Carlos foi tão mais dedicado e persistente que eles?
  Tome cuidado com esses livros/biografias de auto ajuda.
  Por vezes a pessoa além de ter talento estava no lugar certo na hora certa o que eu chamo de sorte.

  Eu gosto de inúmeras músicas do Roberto, mas o estilo dele é muito diferente do tipo de música que vemos fazer sucesso hoje.
  Quando Roberto começou a carreira podia ganhar muito dinheiro vendendo discos e fazendo shows não tinha nem fita cassete para fazer cópias.
  Hoje em dia vender CDs é bem complicado, o artista precisa privilegiar os shows onde o desgaste e gastos são bem maiores.
  Uma coisa é você lançar um disco e o dinheiro ir caindo na sua conta automaticamente enquanto você está na praia, em casa ou compondo novas músicas.
  Outra coisa é você sair do seu conforto e fazer uma longa turnê de shows para conseguir algum dinheiro.
  Eu acho muitas músicas do Roberto extremamente simples e bonitas talvez seja uma “herança afetiva infantil”.
  Meu pai e minha mãe ouviam muito Roberto Carlos e isso ficou carinhosamente gravado em minha mente.
  Não sei o que minhas filhas sentem ao ouvir essa música do Roberto só sei que é uma música que EU vou gostar de ouvir por toda minha vida.
  Quero dizer que se Roberto estivesse começando sua carreira hoje talvez passasse um longo tempo cantando em barzinhos até desistir da carreira. 
  Música boa, época errada?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Voltando ao assunto amor.
  Esse conceito que tenho do amor como se fosse uma doença, não é tanto fruto de coisas que eu vivi.
  Tirando aquela fase de muita ingenuidade/inexperiência posso dizer que o amor foi suave na minha vida.
  Quando eu tinha 11 anos fui correspondido com certeza, a menina fez a parte dela eu que era uma anta.
  Eu sofri por ser anta.

  Eu e minha esposa vivemos uma história de amor muito bonita ... de acordo com nossas características.

  Histórias são como impressões digitais, cada um tem a sua, podem ser parecidas, mas não iguais.
  Eu sou um tanto frio, distante emocionalmente, até hoje minha esposa tem dificuldades naturais de se adaptar ao meu jeito de ser, já escrevi várias vezes que nada é perfeito, muito menos eu.
  Da minha parte não tenho reclamações.
  As pequenas coisas que me desagradam em minha esposa são ofuscadas pelo brilho de suas qualidades.
  Não existe, por exemplo, pessoa que eu mais confie no mundo.
  Em uma situação bizarra eu morreria por minha esposa?
  Sim, ela gosta tanto da vida.
  Além do mais entre eu e ela minhas filhas estariam muito melhor com ela.
  Minha esposa é luz enquanto eu ... sei lá entende.

  Talvez minha harmonia com o sentimento amor seja justamente fruto desse controle emocional.
  Dizem que amor é igual sabonete quanto mais você aperta mais ele escapa de suas mãos.
  Eu não exijo muito da minha esposa então ela não escapa de mim, quando minha esposa exige algo que foge das minhas características eu digo para ela não insistir para não se decepcionar, minha esposa não me aperta muito então eu não escapo de suas mãos.

  Não estou falando para você fugir do amor isso nem é possível, mas correr atrás como se fosse o paraíso em vida ... não seja ingênuo.
  Se o amor acontecer tente esse controle emocional, satisfação garantida ou ... em se tratando de amor nada é garantido.
  Não tenho minha vida como a medida de todas as coisas o que deu certo para eu não é garantia que dará certo pra você.

  “Deve-se temer mais o amor de uma mulher, do que o ódio de um homem.”
[Sócrates]


  Ao que parece cheguei as mesmas conclusões do amigo Sócrates.

  Sócrates teve duas esposas [segundo Aristóteles] a primeira foi Xântipe e a segunda Mirto.
  Dizem que, pela falta de homens em Atenas [mortos nas diversas guerras], foi permitido a um ateniense casado ter filhos com outra mulher, e que Sócrates teria tido Xantipe e Mirto ao mesmo tempo.

  Há também uma outra história que Sócrates por estar muito tempo longe de casa, ao ser avistado por Xantipe, é excomungado e ao chegar perto de casa, a mesma com um balde de dejetos das necessidades da noite passada, joga-lhe sobre a cabeça e tranca a porta para que o mesmo não entre dentro de casa.


Anterior          <>        Próximo 

Postar um comentário