sexta-feira, 12 de abril de 2019

Enfermagem

😭“TRABALHAMOS MUITOS PLANTÕES QUE CHEGAM A 24 E ATÉ 36 HORAS ININTERRUPTAS.”
[Post com foto de enfermeira no Face]

  Todos enfermeiros trabalham dessa forma ilegal!?
  Se sim, no meu entender é isso que deve ser corrigido.

  Trabalho em um hospital, NÃO VEJO ESSA OCORRÊNCIA.
  As vezes ocorre um imprevisto, falta algum funcionário e o outro se vê meio que obrigado a dobrar, mas depois tem compensação financeira ou banco de horas.
  Como sou funcionário público talvez minha realidade seja diferente.
  Porém, minha esposa trabalhou anos na EMS como técnica de enfermagem, já ocorreu dela se atrasar, não dá para parar um atendimento de urgência apenas porque deu o fim do expediente.
  Mas são ocorrências raras que acontecem em inúmeras profissões.
  Já trabalhei de segurança, não podia abandonar o posto enquanto não chegasse rendição.
  Algumas vezes ocorreu algum conflito sério, não dava para simplesmente ir embora.
  Fui encarregado por anos em uma fábrica de óculos, maquinas que quebram, acidentes de trabalho, reuniões que demoram mais que o previsto...
 
  Se alguma empresa está obrigando enfermeiras a trabalharem 24 horas ininterruptas sem isso estar previsto em contrato e sem nenhum tipo de compensação ... deve ser fechada.
 Se for 36 horas o proprietário deve ser preso.

 Enfermeiros pagam caro pela instituição COREN, o que está fazendo esse pessoal que permite uma coisa dessas!?

  A meu ver o maior problema é individual.
  Não entendo uma pessoa contratada para trabalhar 40 horas semanais; trabalhar 80 horas, 100 horas sem nenhum tipo de compensação.
  A enfermeira trabalha 3 turnos, ganha por 1 e tudo bem!!
  Dessa maneira ela super favorece o patrão e depois quer descontar na Previdência!!!
  (Desculpem o excesso de exclamação é que certos assuntos são papo de doido.)

  Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

  Sem contar que não sei que tipo de bom atendimento pode dar uma pessoa depois de 12 horas ininterruptas de trabalho, imagine 24 ou 36, isso em qualquer área.

  No exército eu ficava a semana inteira no quartel, mas não em “atividade ininterrupta”.
  Vamos supor que eu estivesse montando guarda no QG da Companhia de Comando.
  Era uma equipe de 6 soldados para cobrir dois postos.
  A cada 2 horas 2 soldados assumiam os postos, os outros 4 ficavam no que chamamos de corpo da guarda.
  Nas 4 horas que eu estava fora do posto/ronda ficava em estado de prontidão.
  Podia ler, ouvir música, até dormir ou dar um cochilo desde que permanecesse fardado e armado ... de prontidão.

  O exército foi um serviço militar obrigatório.
  Fui colocado nessa situação, não tive muita escolha.
  Houve a convocação, caso não comparecesse as consequenciais na minha vida seriam bem piores.
  Não é o caso de quando você faz um curso técnico.

  Quem estuda para ser enfermeiro, policial, soldado, médico, padre, pastor, cabeleireiro ... tem uma boa ideia das características de cada profissão.

  Se fez o curso de bobo alegre ... não vem dar uma de esperto querendo aposentadoria melhor que todo mundo.

  Meditaremos sobre isso no próximo texto...

  



Post completo e algumas observações minhas:

  "Andam dizendo por aí que nós os profissionais de Enfermagem somos contra a Reforma da Previdência porque perderemos a "mamata" de aposentar com 25 anos de contribuição.

  (A Aposentadoria especial para enfermeiros, bem como dos técnicos e auxiliares de enfermagem e o pessoal de apoio da área da saúde que tem contato habitual com os pacientes de hospitais, é com 25 anos de serviço.
   Com qualquer idade e sem a redução que as outras aposentadorias sofrem com o fator previdenciário.
  É uma senhora mamata, dizem que é porque estão mais expostos a doenças.
  Não conheço nenhum estudo comprovando que o pessoal da saúde fica mais doente que o restante da população.
  O que vejo é quase o contrário, por estar nesse meio tem mais acesso a imunizações e atendimento.
  Ontem (11/04/19) recebi vacina contra gripe gratuitamente no meu local de trabalho só por fazer parte da área da saúde.)

  Você tem ideia da dor que eu carrego ou até mesmo as memórias que me assombram???
Trabalhamos muitos plantões que chegam a 24 e até 36 horas ininterruptos.

  (Foi contratado para trabalhar 40 horas; trabalha 80 horas, 100 horas sem nenhuma compensação!?
    Denuncie ao COREN, essa ocorrência é ilegal em qualquer profissão)

No seu trabalho, você já teve que dizer a uma senhora que seu marido está morto? Ou a uma MÃE que seu FILHO morreu?
Querendo que soubessem que você e sua equipe fizeram tudo que era possível?
Já teve que fazer medicação em um paciente com câncer terminal, sabendo da gravidade daquilo tudo e tendo que sorrir para disfarçar as emoções e não deixar o paciente ainda mais deprimido...
Já imaginou sentar-se para comer, usando as mesmas mãos e a mesma roupa que há instantes atrás segurou um bebê morto? tentando tudo ao seu alcance para trazê-lo de volta?
Já teve que pegar uma veia sobre pressão: - "ou vc pega a veia ou o paciente morre", isto lembrando que alguns pacientes são os famosos ruins de veia;

  (Caraca mano, pede para sair, não deveria nem ter entrado, pensou que enfermagem era só ser balconista de hospital 5 estrelas!!)

*Nós não temos Natal em família, não temos feriado, muito menos Ano Novo, quando enfim estamos de folga, de repente o telefone toca e temos que ir para o plantão pois aconteceu algo com nosso colega e não podemos deixar que você e sua família fiquem sem assistência*

  (Inúmeras atividades profissionais trabalham em esquema de plantão, todos terão aposentadoria especial?)

 Então da próxima vez que você pensar em olhar para mim ou meus colegas da enfermagem, não nos julgue.
Se o meu sorriso fosse capaz de mostrar o fundo da minha alma, muitas pessoas ao me verem sorrir chorariam comigo, então só me façam um favor:
Não nos julgue porque ninguém pode imaginar o que se passa durante um plantão, agora tente imaginar em 25 anos de plantões! 😥
Respeite deixamos nossa família para cuidar da sua.

[Queria levar a família para o trabalho!?)

  Respeite também somos seres humanos e trabalhamos doentes tantas e tantas vezes.

(Profissionais da área da saúde tem direito a atestados médicos tanto quanto qualquer outro profissional, se a empresa que você trabalha, seja estatal ou particular, não está aceitando um atestado legalmente emitido é mais uma caso grave de denúncia.)



Nenhum comentário: