segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Homem Objeto

  “Só uma mulher pode tirar o divertimento que existe na discriminação sexual.”
 [William Watterson]




  Algumas pessoas conseguem estar bonitas a vida toda... caso não vivam o bastante para envelhecer demais.
  Até mulheres maravilhosas como Liss Taylor e Vera Fisher perdem aquela beleza exuberante da juventude. 
  Outras já não nascem com um designe agradável para sua época então até conseguem ficar elegantes, mas beleza é um dom de nascença ou algo a ser comprado na medicina moderna.

  Hoje vou falar da maioria que vive “fases de beleza”, crianças lindas que viram adolescentes feias, crianças feias que viram adolescentes bonitas, gente que fica bonita na fase adulta

  Quem não conhece aquela garota que destruía corações com seu sorriso no colégio e poucos anos depois perdeu todas suas belas formas ou aquela outra que não era grande coisa e virou um avião super turbinado.

  Estar bonito é uma das coisas mais deliciosas dessa vida, lamento por quem nunca experimentou essa sensação ou a abreviou com maus hábitos.

  Se torrar sob o Sol, por exemplo, é um mau habito, quando chegar aos 30 anos sua pele estará muito envelhecida.

  Minha mãe diz que fui um bebe muito bonito, mas claro que opinião de mãe não conta, já na adolescência manchas esbranquiçadas surgiram em meu rosto, ainda bem que superei rapidamente o sentimento de rejeição, na escola começaram a me chamar de malhado e eu não podia dizer nada, pois estava malhado mesmo… 😆
  A gozação não durou muito porque quando me chamavam de malhado eu olhava para o chão e fazia uma expressão tão triste que acho que ficaram com dó. Me lembro quando uma colega me defendeu:

  “Não tira sarro dele não, vocês não veem como ele sofre com isso?”

  Foram-se as manchas e chegaram monstruosas espinhas, outro dia falo sobre isso vamos pular para minha fase de beleza.

  Tirei umas fotos 3X4 para uns documentos e fiquei sabendo por minha tia Dina que a foto havia ficado em exposição na vitrine, pensei que era gozação, mas era verdade.


  Pensei, caraca será que estou bonito!

  As meninas estavam me olhando diferente acontece que eu era muito tímido, nem coragem de olhar nos olhos de uma garota eu tinha.
  Encontrei um folheto na rua e fui para a seleção de um curso de manequim realizado pelo Senac, tinha muita gente e depois de uns 15 minutos o professor me avistou e pediu para ficar de pé, pensei que mico, o cara vai perguntar se eu estava perdido naquele lugar.
  Que nada, ele me elogiou no meio daquela multidão, eu nem sabia onde enfiar a cara, essa história é legal, mas vamos avançar no tempo mais uma vez.
 Estamos agora em uma badalada casa de shows em Campinas as melhores academias da região mandaram seus melhores alunos e modelos.
  Eu representava a academia Forma e Elegância.
  O primeiro desfile foi moda praia meu corpo estava impecável e para me diferenciar rasguei uma camiseta em tiras finas realçando toda musculatura que não estava excessiva, estava na medida certa, um corpo muito bom.
  Quando entrei na passarela o público veio abaixo, todos em volta, jurados, galera da marquise… que sentimento maravilhoso, inesquecível mesmo.

  Claro que naquele momento eu era só um “objeto de desejo”, mas garanto-lhes que raras vezes me senti tão bem.

  Quando vejo grupo de feministas falando mal de mulheres que colocam roupas sensuais dizendo que estão denegrindo as mulheres se passando como um simples objeto da sociedade machista…dá até dó.
  Estar bonita, ser desejada é algo tão poderoso, tão maravilhoso que dá pena da mulher ou homem que nunca experimentou isso na vida mesmo que seja por uma fase.
  A beleza tem um poder muito grande, principalmente as mulheres confundem o poder da beleza com “chamar atenção”.
  A mulher faz um corte que a deixa diferente e ela chama a atenção por estar diferente, mas não por estar mais bonita.
  Quantas top models vocês conhecem que tem cabelo curto?
  Tem mulheres que carregam tanto na maquiagem e mais uma vez “chamam a atenção” não estão experimentando o poder da beleza, aquele em que as pessoas agradecem por estarmos próximos “enfeitando o olhar delas”.

  Quando homem ou mulher colocam alguma coisa muito diferente, na maioria das vezes são objetos de CURIOSIDADE e não de SEDUÇÃO.

  Eu tinha uma colega muito bonita, mas sua beleza não se destacava muito porque ela colocou uma argola no nariz tipo daqueles índios canibais, por onde ela passava todo mundo olhava, mas como curiosidade.
  Claro que para tudo existe quem goste, mas estou falando daquela beleza sucesso de público, que para o trânsito e não aquela exótica que provoca alvoroço só em um pequeno nicho.

  Bem, naquele desfile fiquei em segundo lugar.
  Como se tornou comum em minha vida aconteceram muitas promessas de sucesso, corri muito atrás, orei bastante, pensei positivo e... no final das contas só ganhei um porta retrato
  Espero que mulheres e homens que estão no ápice de sua forma física e ganham dinheiro para exibi-la, saibam aproveitar esse momento e que ele dure muito.
  Quanto as feministas sejamos tolerantes nas diversas situações:

  Situação 1 - Elas não nasceram bonitas, nem tiveram alguma fase de beleza, isso é chato.

  Situação 2 - Outras já tiveram sua fase de beleza, aproveitaram bastante e hoje sentem muita inveja de quem está nessa fase, isto é ruim.

  Situação 3 - São ou estão bonitas e não sabem curtir o momento, aproveitar esse poder tão passageiro, sentir esse PRAZER, isto é péssimo.
  Fazem mau uso de algo que muitos gostariam de ter, é lamentável, pois quando perceberem sua fase de beleza já pode ter passado.
  Nunca saberão quão bom é ser objeto de desejo essa discriminação tão divertida.


“Só uma mulher pode tirar o divertimento que existe na discriminação sexual.”




  “A própria moda e os países determinam aquilo a que se chama beleza.”
[Blaise Pascal – 1623 - França]